São Paulo discute renovação com Brenner

São Paulo e Brenner iniciaram conversas para renovar o contrato do artilheiro do elenco no ano, com 17 gols. O clube, porém, não trata o assunto com urgência, assim como o próprio jogador, destaque na vitória por 2 a 1 sobre o Flamengo, quarta-feira, no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

Com 13 gols em 11 jogos, Brenner subiu de patamar e vive, aos 20 anos, o melhor momento da carreira profissional. A fase goleadora apontou os holofotes para o atacante. Mas a visão do São Paulo nas conversas com o jogador é de que ele está “em casa”.

Além disso, o clube se vê protegido pelo atual vínculo, válido até setembro de 2022, e com multa rescisória de 50 milhões de euros (R$ 319 milhões na cotação atual). Ou seja, não há uma preocupação do São Paulo de perder o jogador.

Dono de 100% dos direitos econômicos de Brenner, o São Paulo diz não ter recebido sondagem ou proposta pelo atacante. Os representantes do jogador também negam que haja ofertas e tratam como “especulação” informações nesse sentido.

Até atingir o ápice sob o comando de Diniz, Brenner oscilou muito. Promovido em 2017, ele chegou a voltar a ser utilizado em jogos na base e foi emprestado ao Fluminense no ano passado.

Em três anos somados (de 2017 a 2019), fez 35 jogos e quatro gols por São Paulo e Fluminense. Neste ano, são 17 gols em 26 partidas.

Nesse contexto, o São Paulo adota cautela, porque projeta que em algum momento a atual fase fora da curva, com média superior a um gol por jogo, naturalmente vai diminuir. O cuidado existe também para não atrelar essa eventual queda à renovação do contrato.

Com Brenner e São Paulo “na mesma página”, a renovação é tratada com calma. O desejo é que o atacante possa continuar vivendo a tão buscada fase goleadora o máximo possível. O próximo jogo do São Paulo é contra o Fortaleza, sábado, às 19h, no Castelão, pela 21ª rodada do Brasileirão.

 

Fonte: Globo esporte

3 comentários em “São Paulo discute renovação com Brenner

  1. Devem estar se precavendo contra o mercado interno. Se não me engano, essa multa noticiada é para clubes estrangeiros, para clubes brasileiros, a multa é baseada no salário do atleta. E o salário do Brenner deve ser ainda o do primeiro contrato profissional, com valor muito abaixo da média dos atacantes do Brasileirão.

    Fosse só pelo mercado externo, a multa e o prazo do contrato atual seriam mais que suficientes, mas tem que tomar cuidado para não tomar uma rasteira dos rivais.

  2. O SPFC é um clube emocionado… não tem que discutir nada, deixa ele comendo a bola. Quando acabarem os campeonatos se ele se manter assim aí sim, senta, conversa e faz algo que proteja o clube.

    Bando de incompetentes emocionados!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.