Saiba quem são os novos diretores e o que farão na gestão Casares

Novo presidente do São Paulo, Julio Casares já vêm montando o departamento de futebol em sua gestão desde o ano passado. Embora não tenha contratado um novo diretor executivo para a vaga de Raí, que deixará o clube ao fim do Campeonato Brasileiro, o mandatário tricolor já definiu a maioria dos profissionais que irão compor os cargos mais importantes no CT da Barra Funda.

Muricy Ramalho foi um dos primeiros nomes anunciados pela nova gestão. A presença do ex-técnico do São Paulo foi uma promessa de campanha de Julio Casares, cumprida logo nos primeiros dias como presidente eleito. O ídolo tricolor será o responsável por fazer o elo entre elenco, comissão técnica, diretoria e presidência, trazendo as principais necessidades de todas as partes e tentando encontrar um ponto comum para que elas trabalhem em sinergia.

Carlos Belmonte, conselheiro do São Paulo, será o diretor de futebol. Ele terá a responsabilidade de gerir todo o departamento, trabalhando em conjunto com o diretor executivo de futebol, ainda não definido, que terá a função de analisar contratações, comandar negociações e auxiliar na elaboração de contratos.

Belmonte, aliás, terá dois “braços direitos”: Nelson Ferreira e Fernando Chapecó, diretores adjuntos. Ambos também fazem parte da política do São Paulo. O primeiro chega com a nova gestão de Julio Casares, já o segundo foi mantido da gestão de Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco.

“Vamos ter o Belmonte com a equipe dele, o Nelson, o Chapecó, que vão fazer a gestão da área profissional, gestão de pessoas, procedimentos. Não ganhamos a eleição para ter apenas um discurso. Caberá ao Belmonte e sua equipe estabelecer essa gestão de pessoas, processos e procedimentos para que haja mudanças no comportamento de contração e gestão”, afirmou Casares.

“Vamos ter a equipe do Belmonte, abaixo o coordenador de futebol, que é o Muricy, estar próximo do vestiário, do treinador, dos atletas, fazendo esse elo com a diretoria e presidência no sentido de passar as necessidades que o São Paulo tem. Estará apoiando os atletas e comissão técnica. Teremos também o diretor executivo, que estamos olhando no mercado”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.