Rogério Ceni isenta defesa de falhas e dá méritos a Wallyson

A defesa do São Paulo não foi capaz de impedir o Botafogo de fazer dois gols em cobranças de escanteios no primeiro tempo da partida desta quarta-feira, no estádio Mané Garrincha. Porém, depois da vitória por 4 a 2, o goleiro Rogério Ceni declarou que os lances tiveram méritos do botafoguense Wallyson, que fez as batidas, e não erros dos são-paulinos.

“Não foram tantos erros defensivos. Eles tiveram oportunidades, mas os gols foram por méritos da batida. A velocidade do chute do Wallyson é impressionante. Com uma bola bem batida, às vezes nem precisa de grandes cabeceadores. Temos de treinar, corrigir e melhorar, mas credito mais ao mérito do batedor”, comentou.

O Tricolor saiu na frente no placar, com gol de Alan Kardec. Porém, os erros atrás deram um susto no time paulista. Depois de cobrança de Wallyson, Zeballos apareceu livre para cabecear, exigindo defesa de Ceni. No rebote, o mesmo atacante mandou para a rede.

Rubens Chiri/Site Oficial SPFC

Apesar da liberdade que são-paulinos deram em dois escanteios, Ceni não viu falhas do time nos lances

Pouco depois, em nova batida de Wallyson, André Bahia subiu no meio da defesa tricolor para cabecear, enquanto o capitão são-paulino nem sequer teve tempo de se mexer. Mas Ceni não viu os gols como grande problema e lamentou apenas pela postura do time em outro momento da partida.

 

“Tivemos um intervalo de dez ou 15 minutos com toque de bola, quando estava 3 a 2, e acho que deveríamos ter sido um pouquinho mais objetivos. Mas, no restante, o time foi muito bem, pois conseguiu retomar o jogo e saiu vencedor”, ponderou.

O São Paulo retomou a vantagem no placar ainda no primeiro tempo, com os dois gols de Souza. Já o período observado por Ceni de toque de bola foi entre o fim do primeiro tempo e o começo do segundo, quando o Botafogo ameaçou novamente, até que Alexandre Pato assinalou o quarto.

“Foi um dos melhores jogos do campeonato, pelas inúmeras situações de gol e viradas”, completou o goleiro, satisfeito pelo São Paulo ter se consolidado como vice-líder do Brasileirão.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Rogério Ceni isenta defesa de falhas e dá méritos a Wallyson

  1. Bola parada pelo alto, a obrigação pela marcação é de todo time que se prepara para isso e não só da defesa. A gente aproveita que os caras não são lá “essas coisas” e pau neles. Mas não podemos ser injustos. . .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.