Juvenal admite interferência nas escalações quando era presidente

Ex-presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio confessou que interferiu na escalação da equipe, quando era mandatário do clube. Ele confirmou na noite desta segunda-feira boatos de bastidores e admitiu que mandou o técnico Paulo Autuori escalar Edcarlos na final do Mundial de Clubes contra o Liverpool, em 2005.

– Nos estávamos num hotel belíssimo no Japão, e telefonou uma pessoa: “O Paulo (Autuori) queria falar com o senhor”. Eu disse: “Pode subir”. “Juvenal, eu queria falar com o senhor, pelas circunstâcias, vou pôr o Souza ” e eu falei: ‘Não. Coloca o Edcarlos’. O Lugano falou depois do jogo que só havíamos ganhado porque o Edcarlos não tinha errado – relembrou Juvenal ao Fox Sports, valorizando o seu pitaco na conquista do tricampeonato mundial são-paulino.

Com a declaração, o ex-presidente do Tricolor do Morumbi desmistificou um dos tabus de que dirigentes de futebol não inteferem nas escalações. Antes de confessar sua influência, Juvenal ainda brincou:

 – Eu vou confessar, mas não devia falar isso.

Fonte:Lance

Um comentário em “Juvenal admite interferência nas escalações quando era presidente

  1. “Sois rei…sois rei…!” Esse era o refrão e mote daquele personagem (Reizinho) criado por Jô Soares em seu programa de humor, na longínqua década de 80.
    Contudo, o mote é muito atual em se tratando da gestão do ex-Presidente do São Paulo. Em muitas ocasiões postei aqui no site, comentários traçando paralelo entre sua gestão e os atos que caracterizam uma monarquia absolutista… que, como demonstra a história, funciona durante um certo tempo e depois acaba em revoluções sangrentas, tipo Revolução Francesa… Resguardadas a distância histórica e a importância, o que estamos assistindo é um Danton, ou um Robespierre, encaminhando cabeças para a guilhotina. Só o tempo nos mostrará de que lado está a razão…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.