Fernando Diniz vê oscilação no São Paulo e lamenta empate em casa

Fernando Diniz lamentou a oscilação do São Paulo durante os jogos no Campeonato Brasileiro. O empate por 1 a 1 com o Bragantino, nesta quarta-feira, no Morumbi, foi mais uma partida em que a equipe teve dificuldades para definir o jogo.

– É essa oscilação que não podemos. Esse campeonato é muito difícil, e uma das coisas do time que que vai ser campeão é oscilar menos. A gente não pode oscilar como está oscilando. Hoje tínhamos que ganhar os três pontos dentro de casa. Temos que ter um nível de concentração nos jogos e entrega mais linear para a gente poder alcançar nosso objetivo – afirmou o treinador em entrevista coletiva depois da partida.

Após um primeiro tempo com uma pequena superioridade sobre o Bragantino, mas sem conseguir abrir o placar, o São Paulo retornou para a etapa final bem abaixo do apresentado na etapa inicial e sofreu com o ataque rápido do adversário.

O 1 a 0 aberto pelo Bragantino poderia ter ficado pior se não fosse o pênalti perdido por Claudinho aos 18 minutos do segundo tempo. O Tricolor aproveitou e chegou ao empate, mas nos acréscimos quase colocou tudo a perder ao cometer outro pênalti. Neste, Artur errou.

– O resultado eu não comemoro como fosse lucro, porque o que me preocupa e me deixa irritado é o time ter a chance de ganhar o jogo… A gente fez um primeiro tempo em que estava bem, teve domínio e precisava ser intenso no segundo tempo para chegar à vitória, e a gente oscilou de novo. Fez um tempo distinto do outro, embora não tenha sido um grande primeiro tempo – analisou Diniz.

O resultado nesta quarta-feira impediu que o São Paulo assumisse a liderança isolada do Brasileirão. O time foi aos 17 pontos e se igualou ao líder Inter, que tem um jogo a menos.

No próximo sábado, às 19h, na Vila Belmiro, o Tricolor volta a campo para enfrentar o Santos. Fernando Diniz disse que irá estudar a possibilidade de rodar o time para evitar um desgaste, já que na próxima quinta-feira o time encara o River Plate pela Libertadores.

2 comentários em “Fernando Diniz vê oscilação no São Paulo e lamenta empate em casa

  1. Saudade do Mineiro e Josue, esse nossos meio de campo era show, hj so temos o Tche Tche que oscila muito ate pq joga sozinho na marcacao e as vezes ter que armar, fazer tudo, nao da conta e acaba errando demais por isso, sera que seu Diniz nao arruma isso, ter 2 volantes?
    E Diniz nao tivemos a chance de ganhar o jogo, quem teve foi o Bragantino com 2 penais perdidos, e eles deram o gol de graça para empatarmos, foi feio, e vc precisa ver que dominio de jogo nao necessariamente garante a vitoria, é a eficiencia dos atacantes em por a bola para dentro, é o meio de campo e defesa nao falharem, sera que é tao dificil isso.
    E abra o olho pq o santos vem babando pra cima de nos e se perdermos vamos cair na tabela, e ai vem o jogo fatidico, River Plate, os santos nos proteja , nos ilumine ja nao seria facil se o time fosse bom e estivesse bom imagina essa draga que esta.

  2. Time horrível, ganhou algumas na sorte, não tem como brigar por nada, piada pronta!

    Esse Diniz tem mais sorte que juízo, meio de campo totalmente aberto, qualquer time chega fácil ao gol do SPFC, Tchê Tchê é o pior marcador do SPFC e Reinaldo erra tudo, mas ambos estão firmes.
    Pegar um time bom, vai tomar outra goleada como tomou do Atlético Mineiro.

    Estou contando os dias pra saída do PIOR PRESIDENTE DA HISTÓRIA DO SPFC E DO PIOR DIRETOR DE FUTEBOL DA HISTÓRIA DO SPFC!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.