Felipão faz testes e termina com Fernandinho, Maicon e Ramires

O técnico Luiz Felipe Scolari mexeu na escalação da Seleção Brasileira no primeiro treino coletivo para a partida de sábado, contra o Chile, em Belo Horizonte. A primeira mudança já era esperada: Fernandinho ganhou a vaga de Paulinho, depois de tê-lo substituído muito bem na vitória por 4 a 1 sobre Camarões. Na parte final, Felipão promoveu outras duas e ainda viu David Luiz sair, com dores nas costas.

O time que iniciou a atividade na tarde desta quinta-feira, na Granja Comary, foi formado por Júlio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Fernandinho e Oscar; Hulk, Fred e Neymar. Na equipe reserva, Paulinho empatou o placar da primeira metade do treino após Fred ter aberto o placar a favor dos titulares.

Apesar da chance no time de cima, Fernandinho teve atuação discreta. Mostrou empenho logo no começo, conseguindo um desarme de carrinho, mas não repetiu o desempenho dos 45 minutos apresentados diante de Camarões, quando participou de jogadas importantes e também balançou a rede uma vez. Já Paulinho reagiu bem à alteração, chamando atenção entre os suplentes.

 

Fernando Dantas/Gazeta Press

Paulinho treinou com o colete de reservas e Fernandinho ganhou sua vaga como titular na atividade

 

No intervalo do treino, Felipão colocou Maicon no lugar de Daniel Alves. O lateral direito reserva, porém, não agradou. Anotou um gol contra, de cabeça, encobrindo o goleiro Júlio César, e perdeu ótima chance de se redimir, quando, de frente para a meta, finalizou para fora.

Mas o pior para o treinador nesta quinta-feira foi ouvir de David Luiz pedir para sair. O zagueiro reclamou de dores nas costas e subiu para a sala do departamento médico, acompanhado do fisioterapeuta Luiz Alberto Rosan. Dantes assumiu seu posto, e Felipão escalou um zagueiro sub-20 do Fluminense na formação reserva.

Em seguida, Hulk deu lugar a Ramires, mas foi outro jogador do Chelsea, o meia Oscar, quem salvou os titulares. Ele recebeu passe dentro da área e chutou em cima de Victor, mas insistiu no rebote e estufou a rede para marcar o último gol do empate por 2 a 2 no penúltimo treinobrasileiro antes da partida decisiva contra o Chile.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.