Diniz espera que pandemia não suspenda competições novamente

O técnico Fernando Diniz comentou sobre a possibilidade de uma nova paralisação das competições por causa do agravamento da pandemia do novo coronavírus. Vítima da primeira suspensão dos campeonatos, quando o São Paulo vinha apresentando um bom desempenho, o comandante tricolor viu sua equipe passar de candidata ao título paulista para protagonista do maior vexame do Estadual, sendo eliminada nas quartas de final para o modesto Mirassol.

Desde então, Diniz foi alvo de fortes críticas de parte da torcida e imprensa, que chegaram a pedir sua demissão. Porém, bancado pela diretoria, o treinador, aos poucos, recolou a equipe nos trilhos e agora vive seu melhor momento desde que desembarcou no Morumbi.

“Eu espero que a pandemia não avance a ponto de ter que tomar essa decisão, essa é a minha esperança, que a gente consiga se cuidar. Aqui no São Paulo fazemos um trabalho extraordinário, com um departamento médico liderado pelo Dr. Sanchez. Conseguimos isolar de maneira exemplar os casos de covid, não tivemos um surto de contaminação. A pandemia está aí, a sociedade como um todo tem que tomar cuidado para que medidas mais rígidas não precisem ser tomadas”, afirmou Fernando Diniz.

O trato do São Paulo com a pandemia, de fato, é bastante cauteloso. Bruno Alves é um exemplo simbólico disso. O zagueiro testou negativo antes da viagem para os jogos contra Ceará e Fortaleza, no entanto, por ter tido contato com um familiar que contraiu o vírus, acabou cortado pelo departamento médico. Ao longo daquela semana, o camisa 3 ainda realizou mais dois exames para se certificar de que realmente poderia voltar a treinar com o elenco.

“Esse momento é um prêmio por tudo o que trabalhamos. Tenho livre acesso a todas as pessoas do São Paulo. Não é um trabalho restrito de comissão técnica e jogadores. Todo mundo colabora e colabora bastante. Estamos vivendo um momento positivo por conta do trabalho de muita gente”, completou Diniz.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.