Diniz diz que São Paulo “precisava ganhar” e vê time seguro

Nesta quinta-feira, o São Paulo novamente não mostrou o desempenho de antes da paralisação, porém conseguiu uma vitória importante sobre o Fortaleza, pelo placar de 1 a 0. Após a partida, Fernando Diniz ressaltou a importância dos três pontos para o elenco.

Ao avaliar a performance do Tricolor no Morumbi, o treinador destacou a solidez defensiva da equipe, apesar de acreditar que os jogadores deveram no que diz respeito à criação de lances perigosos.

“É positivo no sentido do resultado. A gente precisava vencer e a equipe conseguiu fazer os três pontos, que era o mais importante para hoje. No sentido da marcação, a equipe também esteve muito sólida, ofereceu muitas poucas chances ao Fortaleza. Faltou um pouco mais de criatividade, que foi uma coisa que a gente até teve contra o Mirassol e o Red Bull. A gente finalizou mais de 20 vezes nesses jogos, mas não teve efetividade e atrás acabou tendo problemas. Hoje, a gente foi um time seguro, que conseguiu o que tinha que ser feito para vencer o jogo”, afirmou o técnico.

Perguntado se a vitória contra o Fortaleza era especialmente importante por conta da fase turbulenta vivida pelo São Paulo após a eliminação para o Mirassol, Diniz ressaltou que seu modelo de jogo sempre prioriza o triunfo.

“Sempre é mais importante vencer. A gente faz de tudo para vencer o jogo. O estilo que eu gosto de jogar é mais para frente, mais ativo. Só que a gente ficou muito tempo parado. É o terceiro jogo que estamos fazendo juntos, e, hoje, de maneira especial, era mais importante vencer, até pelo momento que estamos vivendo. O time voltou a ter um espírito muito competitivo, soube ganhar o jogo, que era aquilo que todos nós pretendíamos”, disse o treinador.

Por fim, Diniz falou sobre a mudança que promoveu no time titular, barrando Alexandre Pato e optando por Liziero. O técnico elogiou a atuação do volante formado por Cotia.

“Acho que correspondeu em relação ao preenchimento do meio-campo, sim. A equipe ficou mais segura. As coisas no futebol não acontecem por conta de uma mudança ou outra, é um sistema muito complexo. As coisas acontecem ou não acontecem por vários fatores, não é por um ou outro aspecto que deixa deixa de acontecer. Mas, de maneira geral, acho que o Liziero fez um bom jogo e conseguiu cumprir bem a sua função”, finalizou.

Com o triunfo desta quinta-feira, o São Paulo somou os primeiros três pontos no Brasileirão, chegando à oitava colocação. Na próxima rodada, o time terá pela frente o Vasco, no domingo, às 16h, em São Januário.

3 comentários em “Diniz diz que São Paulo “precisava ganhar” e vê time seguro

  1. Sei não. . .
    O time que jogou ontem não tinha nada do Diniz! Era mais próximo dos times do Murici – faz um golzinho e todo mundo atrás da linha da bola. Ontem um de nossos melhores defensores foi o Pablo. O time jogou paradão – ninguém dava opção para o receber bola de quem estava com ela e, muito menos, pressionava o adversário quando a perdia. Marcação baixa o tempo todo e só não perdeu o jogo porque ontem nosso goleiro estava no “bom dia”: pegou tudo.
    Tem mais ainda: o Daniel “achou” aquele gol! Sorte é que o Vuaden não é de marcar qq faltinha; caso fosse outro o árbitro, poderia até ter marcado uma falta de ataque pelo jeito que a jogada foi.
    Acho que o gato subiu no telhado. . .

Deixe uma resposta para João Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.