Diniz despista sobre o futuro do São Paulo após eleição e critica calendário

Desde o retorno do futebol brasileiro após a pausa por conta da pandemia de coronavírus, o São Paulo vem enfrentando uma maratona de jogos. Depois do Campeonato Paulista e da Libertadores, o Tricolor agora se divide entre o Campeonato Brasileiro, a Copa do Brasil e a Sul-Americana.

O técnico Fernando Diniz ainda não optou por poupar seus jogadores em uma determinada competição. A situação, no entanto, pode mudar, já que o Brasileirão e a Copa do Brasil vão terminar apenas em 2021, quando o clube do Morumbi terá uma nova diretoria que poderá mudar os planos do treinador.

“De fato não sei como vai ser depois das eleições. A gente tem que pensar jogo a jogo porque dezembro está muito longe, tem muito jogo até chegar o momento das eleições. Mas não sei como vai ser essa transição, se quem ganhar vai assumir diretamente, se vai fazer uma transição. Espero que independente do que acontecer, seja o melhor para o São Paulo”, explicou Diniz em participação no programa “Bem, Amigos”, do Sportv.

As eleições do Tricolor paulista serão realizadas na primeira quinzena de dezembro. Julio Casares e Roberto Natel estão na disputa para ocupar a presidência do clube, que será deixada por Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, após cinco anos.

Diniz também criticou o calendário do futebol brasileiro, afirmando que deveria existir mais tempo para que as equipes pudessem descansar e treinar melhor. Mesmo assim, o técnico também confirmou não saber como corrigir o problema.

“Os treinadores não foram ouvidos sobre calendário. Acho que se a gente conseguisse fazer uma coisa com menos jogos seria melhor para todo mundo. Ficou muito jogo, mas o futebol é um negócio que tem muitos interesses. Para o bem do futebol a gente precisava de uma diminuição para ter mais tempo para treinar, descansar o jogador. Como fazer isso é o difícil. Eu não tenho a receita, nunca me debrucei sobre isso para pensar de uma maneira mais aprofundada e sugerir alguma coisa mais plausível. Mas uma maneira que eu gostaria é que tivesse um espaçamento maior entre os jogos, tempo para recuperar os jogadores, para a gente treinar e oferecer um espetáculo de qualidade melhor para o torcedor”, finalizou.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Diniz despista sobre o futuro do São Paulo após eleição e critica calendário

  1. Espero que com essa vitória de domingo não sirva de muleta para segurar os “Diniz e Rai”, pois todas as “cagadas” que eles fizeram esse ano não tem perdão, em janeiro/21 é rua por justa causa!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.