Diniz afirma que elenco está cansado e faz mistério sobre time

Após a difícil classificação às quartas de final da Copa do Brasil, que só saiu na disputa de pênaltis contra o Fortaleza, o São Paulo já passa a focar em mais um desafio mata-mata, agora internacional. Nesta quarta-feira, o Tricolor enfrenta o Lanús, na Argentina, pela Segunda Fase da Copa Sul-Americana.

Mediante a essa intensa sequência de partidas, o técnico Fernando Diniz afirmou que o elenco está sofrendo com o cansaço, mas que a comissão técnica está fazendo o possível para recuperá-los a tempo e da melhor forma.

“O time está cansado, mas vai saber se recuperar. O calendário está apertado para muita gente. Mas o pessoal da comissão técnica faz um trabalho para deixar jogadores da melhor forma possível. Saber jogar, descansar, treinar. Entre um jogo e outro, a gente tenta treinar o que dá. Temos muita informação em vídeo. É apertado, mas temos que saber se virar. Temos que entregar resultado”, disse em coletiva.

Sobre o Lanús, o comandante fez questão de ressaltar a grandeza e a tradição do clube, contudo, alertou que o seu time não pode mudar as suas características por conta disso.

“É um time que tem mais tradição (do que outras equipes que já eliminaram o São Paulo), mas também não é porque tem tradição que a gente vai jogar de maneira diferente. A gente tem que respeitar todos os adversários. O Lanús recentemente acabou fazendo uma final de Libertadores, na conquista do Grêmio. Então é um time que tem todo o nosso respeito, mas vamos procurar fazer nosso melhor, jogar dentro das nossas características. Procurar recuperar nossos jogadores para jogar bem lá (na Argentina)”, contou.

Agora, a dúvida que resta para Diniz é quais serão os seus 11 titulares. Juanfran, com estiramento no joelho, é o único desfalque certo, enquanto Igor Vinícius, com contratura muscular, segue como dúvida. Por outro lado, Hernanes já está recuperado de estiramento muscular na coxa direita e já está a disposição.

“Estamos sempre trocando informação para colocar o melhor em jogo, ainda não definimos se vamos manter a base, se vai trocar muita gente”, finalizou.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.