Daniel Alves reforça imagem de líder no São Paulo após paralisação

Daniel Alves voltará aos campos nesta quinta-feira, quando o São Paulo enfrenta o Bragantino, pela 11ª rodada do Campeonato Paulista, com a imagem de líder do elenco tricolor reforçada após quatro meses de paralisação do estadual por causa da pandemia de Covid-19. O Premiere transmite a partida para todo o Brasil, com narração de Odinei Ribeiro e comentários de Alexandre Lozetti.

A galeria de títulos conquistados e a vitoriosa carreira internacional já o colocavam na posição de estrela do elenco são-paulino. Mas a atuação como interlocutor do grupo de jogadores com a diretoria durante as discussões sobre os cortes salariais elevaram a posição de Daniel Alves.

O meia foi uma das principais vozes dos atletas nas conversas com os cartolas, que sugeriram acordo de desconto de 50% nos salários pagos em carteira e a suspensão dos pagamentos de direitos de imagem.

Os jogadores não aceitaram a proposta, mas a diretoria fez os cortes – a única solução possível, segundo dirigentes, diante do cenário de queda abrupta de receitas.

Mesmo com os cortes e com a falta de um acordo, os jogadores mantiveram canal aberto com a diretoria de futebol, algo reforçado quando a volta aos treinos foi autorizada a partir do começo de julho.

Antes da retomada dos treinamentos, no fim de junho, Daniel Alves não se reapresentou com o grupo de jogadores para os testes físicos, clínicos e fisiológicos por um acordo prévio com o clube. Seu retorno estava programado para 1º de julho, mas ele voltou um dia antes.

Nesta semana, o São Paulo começou a pagar parte dos atrasados – contou com o dinheiro da primeira parcela da venda de Antony ao Ajax para isso – e negocia um corte de 25% dos vencimentos dos jogadores até o final do ano.

De volta aos gramados, Daniel Alves também tem tido protagonismo. O meia participou de 12 jogos no ano e marcou cinco gols, a melhor marca de sua carreira num início de temporada.

Contra o Bragantino, ele terá a missão de ajudar o São Paulo a assegurar o primeiro lugar do Grupo C. Já classificado para o mata-mata, o time de Fernando Diniz precisa confirmar a primeira posição para decidir as quartas de final como mandante.

O São Paulo retorna ao Paulista com 18 pontos, dois a mais do que o Mirassol – clique aqui e simule os resultados finais do estadual.

Diniz perdeu apenas Antony durante a paralisação das competições, mas não recebeu reforços. Ele deve usar o atacante Pablo como ponta, formando ataque ao lado de Vitor Bueno e Pato.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.