Contra o Grêmio, SP reencontrará trio campeão pelo clube em 2012

Líder do Campeonato Brasileiro e semifinalista da Copa do Brasil, o São Paulo busca enfim acabar com um jejum de oito anos sem conquistar títulos. Nesta quarta-feira, a equipe de Fernando Diniz vai até Porto Alegre para enfrentar o Grêmio, pelo primeiro jogo da semifinal da copa nacional.

E no embate entre tricolores, os paulistas vão se reencontrar com três jogadores que fizeram parte do elenco que conquistou a última taça do clube: a Copa Sul-Americana de 2012. São eles: o zagueiro Paulo Miranda, o lateral-esquerdo Bruno Cortez e o volante Maicon.

O trio, inclusive, foi fundamental para ajudar a equipe do Morumbi a levantar o troféu. O primeiro, apesar de ter sido improvisado na lateral-direita, conseguiu realizar uma ótima campanha, surpreendendo muitos torcedores. Na final, ele acabou sendo expulso na confusão que culminou no fim do jogo.

Outro jogador que era visto com desconfiança pelos são-paulinos era o Cortez, mas, assim como o seu companheiro, ele realizou um ótimo campeonato, e se firmou na titularidade. Já o Maicon não era titular absoluto com o técnico Ney Franco, mas acabou entrando na maioria das partidas, contribuindo para o título.

No entanto, essa não será a primeira vez que os três enfrentaram o ex-clube. Ao logo da sua carreira, Maicon desafiou o São Paulo 11 vezes, com três vitórias, quatro empates e quatro derrotas para o volante. Paulo Miranda, por sua vez, jogou quatro partidas, das quais venceu uma, empatou duas e perdeu outra. Já Cortez está invicto contra o Tricolor, com dois triunfos e quatro igualdes em seis embates.

Grêmio e São Paulo se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), na Arena. A volta será no dia 30, no mesmo horário, mas dessa vez no Morumbi.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Contra o Grêmio, SP reencontrará trio campeão pelo clube em 2012

  1. Cortez e Maicon são bons exemplos do amadorismo das últimas diretorias. O investimento nesses atletas foi alto e eles claramente tinham potencial para, no mínimo, serem reservas.

    A situação é ainda mais ridícula quando se lembra que, até o bom retorno do Reinaldo, a lateral esquerda ficou sem dono.

    Em vez de ir construindo o elenco aos poucos, avaliando atletas de forma objetiva pelo desempenho individual, não pelos fracassos do elenco, a diretoria foi descartando nomes indistintamente e contratando outros por critérios obscuros.

    E a matéria ainda deixou de mencionar o Diego Souza, que também está lá e é artilheiro do time.

    Espero que com essa nova diretoria acabe essa palhaçada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.