Conselheiros do São Paulo pedem impeachment do presidente Leco

Um grupo de conselheiros do São Paulo entregou nesta terça-feira um pedido de impeachment do presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. O documento, com a assinatura de 50 membros do Conselho Deliberativo, foi deixado na sala da presidência, no estádio do Morumbi.

O procedimento padrão, nesses casos, é protocolar o documento na secretaria do Conselho Deliberativo. No entanto, segundo os conselheiros, o local estava fechado e por isso foi deixado na presidência.

Leco tem mandato até dezembro de 2020.

O que diz o requerimento?

O grupo de conselheiros sustenta o pedido de impeachment nos seguintes itens:

  • Contratos firmados sem o aval prévio do Conselho
  • Gestão temerária, baseada no estouro de mais de 5% do orçamento
Pedido de impeachment do presidente Leco, do São Paulo — Foto: GloboEsporte.com

Pedido de impeachment do presidente Leco, do São Paulo

O que o São Paulo acha?

A diretoria considera inconsistente o pedido de impedimento do presidente Leco por gestão temerária. E usa como argumento o fato de o ano fiscal não ter sido fechado.

O que eles querem dizer com isso é que, mesmo que o orçamento esteja nesse momento estourado, como alega o requerimento, isso só pode ser analisado depois de 31 de dezembro de 2019.

Sobre os contratos firmados sem o aval prévio do Conselho, há reclamação sobre empréstimos em bancos. O São Paulo, no entanto, alega ter, desde o ano passado, uma liberação dos conselhos de administração e deliberativo para captar até R$ 50 milhões em 2019.

E mais: o estatuto prevê reuniões ordinárias bimestrais para que sejam apreciados os contratos celebrados entre um encontro e outro.

Qual o próximo passo?

Depois que o requerimento entregue na presidência for protocolado na secretaria do Conselho Deliberativo, o presidente do órgão, Marcelo Abranches Pupo Barboza, é o responsável por fazer a primeira análise dos documentos e, dependendo do caso, enviar à Comissão de Ética.

O que diz o estatuto do São Paulo?

Da Destituição e da Perda do Mandato

Artigo 112 – O Presidente Eleito poderá ser destituído pelo voto favorável de pelo menos 2/3 (dois terços) da totalidade dos membros do Conselho Deliberativo.

§2o – Deliberada a destituição pelo Conselho Deliberativo, o Vice-Presidente assumirá a presidência, exceto se o processo de destituição for proposto contra ambos, conjuntamente.

§3o – Somente será permitida a proposição de processo conjunto se o Vice-Presidente tiver participado inequivocamente da conduta motivadora do processo.

§4o – O Regimento Interno do SPFC disciplinará o processo de destituição.

Veja as assinaturas dos conselheiros:

Assinaturas de conselheiros no pedido de impeachment do presidente Leco, do São Paulo — Foto: GloboEsporte.com

Assinaturas de conselheiros no pedido de impeachment do presidente Leco, do São Paulo

Assinaturas de conselheiros no pedido de impeachment do presidente Leco, do São Paulo — Foto: GloboEsporte.com

Assinaturas de conselheiros no pedido de impeachment do presidente Leco, do São Paulo

Assinaturas de conselheiros no pedido de impeachment do presidente Leco, do São Paulo — Foto: GloboEsporte.com

Assinaturas de conselheiros no pedido de impeachment do presidente Leco, do São Paulo

E também algumas páginas do requerimento:

Pedido de impeachment ao presidente Leco, do São Paulo — Foto: GloboEsporte.com

Pedido de impeachment ao presidente Leco, do São Paulo

Pedido de impeachment ao presidente Leco, do São Paulo — Foto: GloboEsporte.com

Pedido de impeachment ao presidente Leco, do São Paulo

Pedido de impeachment ao presidente Leco, do São Paulo — Foto: GloboEsporte.com

Pedido de impeachment ao presidente Leco, do São Paulo

Pedido de impeachment ao presidente Leco, do São Paulo  — Foto: GloboEsporte.com

Pedido de impeachment ao presidente Leco, do São Paulo — Foto: GloboEsporte.com

Pedido de impeachment ao presidente Leco, do São Paulo — Foto: GloboEsporte.com
Fonte: Globo Esporte

5 comentários em “Conselheiros do São Paulo pedem impeachment do presidente Leco

  1. Vejo com satisfação essa primeira manifestação. Toda revolução começa pequena, mas em havendo consistência, como de fato há, a tendência é que haja crescimento e massificação do movimento. Os associados e a torcida se solidarizam com essa manifestação! #foraLeco

  2. Demorou, mas duvido que os velhos malditos que o apoiam vão dar prosseguimento.
    O SPFC está doente, tem no mínimo uns 140 vírus velhos detonando o clube, esses vermes que cagam pro clube, são politiqueiros da pior espécie.

    CAIAM FORA DO SPFC SEUS RATOS VELHOS, A TORCIDA NÃO QUER VCS SEUS SANGUESSUGAS!!!

    • Muitos dos conselheiros antigos e vitalícios nem lembram mais que são conselheiros…. Doentes e glórias num passado tão, tão distante.

      Deveriam fazer parte de um grupo de “imortais” mas não do conselho.

      Aliás, a grande desculpa do novo conselho é “não posso fazer nada”.. Ouvi isso de vários…Por que se candidataram se não podem fazer nada?

      É um saco.

  3. Se não protocolaram, é puro interesse.
    Seria tipo uma ameaça, ou você sai, ou nos dá algo em troca.
    Se quisessem, esperariam hoje.
    Estamos vendidos com esses gestores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.