Conmebol avalia prorrogar ainda mais suspensão da Libertadores

Por causa do agravamento da pandemia de Covid-19 na América do Sul, a Conmebol estuda prorrogar o prazo de suspensão dos jogos da Copa Libertadores para além de 5 de maio, prazo inicialmente previsto pela própria confederação. A avaliação na entidade é que será muito difícil que o futebol seja retomado dentro desta prazo em todos os 10 países da região – Brasil, Argentina, Uruguai, Chile, Paraguai, Peru, Bolívia, Colômbia, Equador e Venezuela.

Basta que em um deles não ocorra para que o torneio não seja retomado. Além disso, as fronteiras entre todos os países precisam ser reabertas – situação que hoje é imprevisível.

No dia 12 de março, a Conmebol havia suspendido os jogos da Libertadores por uma semana; em seguida, esticou a suspensão até 5 de maio. Até o momento da interrupção, haviam sido disputadas duas das seis rodadas da fase de grupos. Para tentar aliviar a situação dos clubes, a Conmebol adiantou o pagamento de parte da premiação relativa a esta fase da competição.

 

Fonte: Globo Esporte

 

2 comentários em “Conmebol avalia prorrogar ainda mais suspensão da Libertadores

  1. Por prudência provavelmente o retorno das competições, se ocorrer este ano, no mundo todo, deveria ser sem público – portões fechados – e não antes do segundo semestre.

    Isso ainda se houver um mínimo de segurança para os diretamente envolvidos (vacina, medicamentos com eficácia comprovada, testes com curto tempo de resposta e disponível para quem necessite).

    Os indícios vão ficando mais fortes de que a paralisação será mais longa do que se pensava.

  2. Competições esportivas antes da vacina? Podem esquecer. Dificilmente haverá mais futebol neste ano. Eleições idem – sim, no São Paulo também, inacreditavelmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.