Como times grandes de São Paulo se preparam para o retorno ao futebol

O futebol paulista voltará os treinos no próximo dia 1º, depois de 106 dias de paralisação. O retorno dos jogadores às atividades nos centros de treinamento será feito por etapas, que começou ontem (18), depois da liberação concedida pelo governo do Estado.

O primeiro estágio da retomada dos treinamentos, e, depois, dos jogos será a testagem em massa. Esse processo será repetido no fim do mês, pouco antes do retorno completo dos elencos aos CTs. Vale lembrar que ainda não há uma data para o retorno do Paulistão. O UOL Esporte mostrará a seguir o planejamento de Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo diante do iminente retorno às atividades em seus respectivos centros de treinamento.

Corinthians

O clube alvinegro deu início à testagem ontem. Ela deve durar até o próximo domingo (21) e será realizada em um laboratório, que fechou uma parceria com os corintianos. A ideia do Alvinegro é fazer entre 160 e 170 testes neste primeiro momento e repetir o processo depois, 48 horas antes do primeiro treino.

“Fechamos parceria com um laboratório para testar todos os jogadores, familiares, comissão técnica, familiares deles e funcionários do CT. A partir do momento que tivermos todas elas, marcaremos outra para o dia 29, que será de acordo com essa que faremos primeiro”, disse Ivan Grava, médico do clube, ao UOL Esporte.

Segundo ele, o laboratório disponibilizará uma área aos corintianos, que irão ao local de forma organizada, sem aglomerações. A exclusividade dada pelo laboratório ajudará a obter os resultados com mais rapidez.

Ivan Grava conta ainda que o CT alvinegro está sendo preparado para receber as pessoas. Há uma readequação em curso. As avaliações físicas, biológicas e bioquímicas serão realizados no local nos próximos dias, com programação detalhada, a fim de evitar aglomerações.

Palmeiras

Com os primeiros testes já em curso desde ontem, o Palmeiras também irá repetir o procedimento pouco antes da reapresentação na Academia de Futebol daqui a 12 dias. A primeira testagem será feita em jogadores e integrantes da comissão técnica. O número gira em torno de 50 pessoas.

O clube alviverde pretende, assim, enxergar melhor o cenário. Caso uma pessoa estiver infectada, terá tempo hábil para se recuperar antes do primeiro treino. Dias antes da retomada, todos voltam ao Hospital Sírio Libanês, onde acontecem os testes.

O departamento médico do Palmeiras já vai adiantar os testes físicos no elenco. Todos serão realizados no hospital, que tem um convênio com o clube. Os horários foram organizados de tal forma para que se evite também aglomerações.

Santos

No clube da Baixada, o elenco se apresenta nesta semana para os exames da Covid-19. O procedimento vai acontecer a partir de hoje (19), no CT Rei Pelé.

Além dos jogadores, o clube submeteu integrantes da comissão técnica e funcionários aos exames. “O atendimento para os exames será feito de forma escalonada. O departamento médico do Peixe montou uma estrutura específica no CT apenas para a realização dos testes”, disse o clube em nota.

Aliás, internamente, os dirigentes chamam os preparativos para o retorno como uma “operação de guerra”. O Santos já comprou uma cabine de desinfecção, além de tapetes e dispenser de higiene. O clube paulista ainda contratou uma infectologista e fechou parceria com duas empresas.

Um laboratório da cidade realizará o trabalho sem custos e ainda doou 100 exames ao Santos. A empresa de desinfecção, por sua vez, terá uma parceria comercial com o clube da Baixada Santista. Para evitar ao máximo de contato, o Peixe aperfeiçoa o sistema eletrônico ao público, além de compras de novas placas de acrílico.

São Paulo

O São Paulo deve concluir os testes até amanhã (20), incluindo os testes físicos comuns no início de uma temporada. O procedimento começou na última quinta-feira. O clube trata essa etapa como um passo importante para o retorno, pois os médicos terão noção da situação.

Essa etapa vai acontecer no CT da Barra Funda. O clube comprou os testes para aplicar os exames médicos. Quem testar positivo ou apresentar quadro febril será dispensado e acompanhado. A testagem também vai acontecer mais próximo à data de retorno. O procedimento, inclusive, será periódico.

Segundo apurou o UOL Esporte, o clube montou até tendas para serem estações de trabalho para os atletas no CT da Barra Funda. A ideia é que, desta maneira, possam ser feitos exercícios físicos sem que os tricolores tenham de frequentar as dependências do Reffis. Já o estacionamento terá áreas bloqueadas. Assim, só terá espaço para um carro ficar parado a cada duas vagas. Há também mesas à disposição dos jogadores com GPS, álcool gel e demais equipamentos já higienizados.

Foi montado um fluxograma, com novas grades de bloqueio para acesso ao local. Assim, os jogadores não poderão entrar no vestiário ou ir ao prédio. Placas de sinalização foram instaladas para mostrar onde é possível transitar no CT. Os atletas deverão ser distribuídos nos campos para evitar aglomerações.

Assim que as atividades terminarem, os jogadores já voltarão para suas casas, sem utilizar refeitório ou vestiário. Outras medidas também foram tomadas nas últimas semanas para dar mais segurança aos jogadores e funcionários.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.