Como eleição ajuda a segurar Diniz e Raí até o fim deste ano no São Paulo

Após a eliminação do São Paulo na Copa Libertadores, na última quarta-feira (30), muitos questionaram a possibilidade de mudanças no departamento de futebol. No entanto, as saídas do executivo Raí e do treinador Fernando Diniz não chegaram a ser cogitadas. Essa postura tem ligação também com a eleição presidencial no Tricolor, que será realizada em dezembro.

Raí passou a ser o responsável por comandar a pasta desde o fim de 2017, quando Vinícius Pinotti deixou o cargo. Apesar de não ter a conquista de títulos na função, o ex-jogador seguiu com o respaldo do mandatário.

Agora, apenas pouco menos de três meses para o fim do ano, uma troca poderia provocar desconforto para o dirigente e para o elenco, na visão dos defensores do ídolo. Além disso, seria difícil de encontrar um profissional para substituí-lo para assinar por um período tão curto de contrato.

Os candidatos à presidência são Julio Casares e Roberto Natel, Segundo apurou a reportagem, dificilmente Raí continuará no cargo em 2021. Casares ainda não divulgou quem exerceria a função, mas vê com bons olhos a troca de comando para contratar um profissional com experiência na área. Já Natel declarou que colocaria Marco Aurélio Cunha para cuidar do setor.

Apesar de ser alvo de críticas de dirigentes que atuam no Morumbi, Fernando Diniz vive situação semelhante à de Raí. O treinador tem contrato com o São Paulo com base na CLT, sem prazo de validade. A atual diretoria de futebol, gerenciada pelo campeão mundial de 92, vê com bons olhos o trabalho do comandante.

Os jogadores também mantêm boa relação com o treinador e, na visão dos dirigentes da Barra Funda, uma troca no cargo agora poderia gerar desgaste. Por isso, uma mudança no comando deverá acontecer se uma alteração muito grande nos planos acontecer ou se o time cair muito de rendimento nesta sequência do Brasileirão.

Amanhã (4), o São Paulo enfrenta o Coritiba, fora de casa.

 

Fonte: Uol

3 comentários em “Como eleição ajuda a segurar Diniz e Raí até o fim deste ano no São Paulo

  1. Esta desculpa de estar perto de eleição de nova diretoria é propria de quem nao pensa e nao raciocina aliado em receber o grande salario de diretor. Se o Diniz continuar vamos descer a ladeira abaixo no brasileirão, logo chegaremos na zona de rebaixamento. Tem que tirar ele urgentemente e colocar o tecnico do sub 20 no lugar até a eleição O Rai se tiver vergonhs tem que pedir demissão. MARCO AURELIO CINHA segura a peteca ate a eleição . Quem sabe se assim não desceriamos a ladeira

  2. “…uma troca no cargo agora poderia gerar desgaste”.

    Raí, seu merd@, o que a torcida está passando por tua causa está além, muito além, de um “desgaste”.

    É vergonha, uma atrás da outra.

    Raí, você não é um desgaste, você é uma vergonha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.