Binacional estuda “estilo Diniz” para tentar surpreender o São Paulo

O técnico Flabio Torres, do Binacional, demonstrou saber o que o aguarda no confronto diante do São Paulo, nesta quinta-feira, às 21h (de Brasília), pela estreia do Grupo D da Copa Libertadores.

Segundo o técnico, o estilo de jogo de Fernando Diniz foi estudado. Ele espera surpreender o rival não só com a altitude de mais de 3.800 metros de Juliaca, mas também anulando as principais armas.

– Taticamente temos estudado que é uma equipe que se coloca no campo às vezes com um 4-2-3-1, às vezes se coloca em um 4-3-3. É uma equipe tecnicamente bem organizada, de futebol rápido, de toque de bola, não é muito profunda, vertical, mas que todos tem uma ótima saída – falou Torres.

– Seu lateral-esquerdo (Reinaldo) e seu lateral-direito (Igor Vinicius) fazem esse jogo. Tem laterais com muita saída, dois zagueiros fortes e de área, o Arboleda, equatoriano. Fizemos uma análise muito geral deles e estamos analisando todas as suas fortalezas – completou.

Flabio Torres, à direita, concedeu entrevista coletiva — Foto: Eduardo Rodrigues

Flabio Torres, à direita, concedeu entrevista coletiva — Foto: Eduardo Rodrigues

Além do estilo de jogo, o técnico colombiano sabe que há jogadores no elenco são-paulino com grande rodagem internacional e que podem desequilibrar a partida. Juanfran poderia ser mais um na lista de experientes, mas ele está no departamento médico e não viajou com a delegação.

– Sabemos de suas referências, sabemos da importância de Daniel Alves como seu capitão, sabemos de Pato… São jogadores muito experientes, representativos. Além deles tem mais jogadores com experiência e jovens também do futebol brasileiro com muita capacidade – comentou Flabio Torres.

Sem grandes feitos no futebol, o técnico de 49 anos tem, diante do São Paulo, uma das maiores oportunidades de sua carreira. Antes de assumir o Binacional, no final de fevereiro, ele dirigiu Águilas Doradas, Atlético Bucaramanga, Deportivo Pasto, Cúcuta, Once Caldas e Expreso Rojo.

O Binacional também trata o confronto como o maior de sua história. Fundada em 2010, a equipe de Juliaca participa pela primeira vez da Libertadores em sua história.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.