Barça notifica São Paulo que não tentará comprar joia de Cotia

O Barcelona informou o São Paulo que não tentará contratar o zagueiro Lucas Fasson sem tratar diretamente com o clube. Segundo informação publicada pelo Globoesporte nesta sexta-feira, os catalães enviaram uma resposta à diretoria tricolor após imbróglio envolvendo o atleta.

Em junho, Fasson pediu a rescisão unilateral de seu contrato com o São Paulo, válido até junho de 2021. Um dos clubes interessados em contar com o defensor era o Barça.

O clube europeu diz que o atleta foi oferecido como agente livre e, ao saber do vínculo ainda vigente com o Tricolor, descartou o negócio. Caso o acordo fosse concretizado, o São Paulo exigiria o valor previsto de multa rescisória: 40 milhões de euros, cerca de R$ 244 milhões.

Incorporado ao elenco de Fernando Diniz após a Copa São Paulo, o zagueiro de 19 anos fez apenas um jogo pelo clube, a derrota para o Botafogo-SP pelo Campeonato Paulista.

Briga na Justiça
Promessa de Cotia, Fasson assinou contrato de quatro anos com o clube em 2017 quando ainda era menor de idade. A legislação brasileira permite vínculo de até cinco temporadas com jogadores menores de 18 anos; porém, de acordo com o código da CBF, em situações de litígio levadas à Fifa, apenas os três primeiros anos são considerados.

Ainda segunda à reportagem do Globoesporte, o São Paulo se sente protegido no caso e acredita que, por se tratar de uma situação entre atleta e clube, as regras brasileiras devem ser levadas em conta.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.