Atual campeão, São Paulo pouco utilizou os garotos da Copinha 2019

Atual campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o São Paulo é um dos favoritos para conquistar o título desta temporada do mais tradicional torneio de base do futebol brasileiro, que se inicia nesta quinta. Depois de levantar a taça em 2019, o Tricolor encerrou o ano com apenas dois jogadores daquela campanha vitoriosa em seu elenco profissional: o atacante Antony e o meio-campista Gabriel Sara, pouco utilizado.

Há anos, o clube do Morumbi tem sua base elogiada dentro e fora do país. Nas últimas temporadas, o São Paulo revelou nomes como Liziero, Igor Gomes, Luan, Helinho e Éder Militão, hoje no Real Madrid. Mesmo assim, nem sempre há espaço no elenco profissional e, por isso, alguns atletas demoram a ter uma chance no CT da Barra Funda ou são negociados.

Em 2019, com o clube vivendo altos e baixos durante toda a temporada e sendo comandado por André Jardine, Vagner Mancini (interinamente), Cuca e Fernando Diniz, os garotos da base não ganharam tantas oportunidades. O grande destaque foi Antony, que já estava entre os profissionais antes da disputa da Copinha e, depois do título, voltou com a auto-estima elevada.

No mais, os outros campeões do torneio sub-20 seguiram aguardando oportunidades ou foram para outros clubes. Do elenco de 2019, nove jogadores ainda têm idade para disputarem a Copinha e estão inscritos para esta temporada. São eles: Arthur Gazze, Eduardo, Fasson, Sena, Welington, Marcos Jr., Rodrigo Nestor, Ed e Vitinho.

Sem espaço no CT da Barra Funda, o zagueiro Morato foi vendido ao Benfica, de Portugal, por aproximadamente R$ 6 milhões de euros. Já o lateral e também zagueiro Tuta também seguiu rumo à Europa, tendo sido negociado com o Eintracht Frankfurt, da Alemanha. Artilheiro do Tricolor na Copinha do ano passado, o centroavante Gabriel Novaes foi emprestado ao Barcelona B, mas foi muito pouco utilizado e ainda busca seu espaço no Velho Continente.

Neste ano, os 30 jogadores inscritos pelo São Paulo na Copinha iniciam sua jornada no sábado, dia 4, contra o Operário, do Paraná. Mais do que chegar à final, jogar para um grande público, ver seus jogos sendo transmitidos ao vivo na televisão, os jovens jogadores precisam provar que têm condições de brigar por um espaço no concorrido mercado dos profissionais.

 

Fonte: Lance

2 comentários em “Atual campeão, São Paulo pouco utilizou os garotos da Copinha 2019

  1. Discordo da matéria quanto ao Mancini não ter aproveitado a garotada! A meu ver, ele foi o que mais deu chances aos garotos e obteve, com eles em campo, os melhores momentos do time na temporada.
    Aí trouxeram o Cuca e, não contentes, o Diniz, dispensando o que melhor resultado apresentou entre os mil treinadores do ano!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.