Derrota na volta, mas é só um recomeço

Finalmente o futebol voltou. Não do jeito que gostaríamos. Sem torcida e com derrota. Mas nada fora do comum. Afinal, o resultado, em termos de campeonato nada muda. Já estamos classificados.

Se voltarmos no tempo e chegarmos ao começo do ano, veremos que o time teve toda a dificuldade do mundo para engrenar e entender o esquema Diniz. Quando o futebol parou, já estávamos voando em campo.

Isso me faz crer que essas duas partidas (a de ontem e a de domingo) servirão para começar a engrenar o time e continuo colocando o São Paulo como favorito ao título paulista. Ou vocês não viram o que Santos, Palmeiras e Corinthians jogaram nesta volta?

Não creio que jogadores como Thiago Volpi, Arboleda e Reinaldo, por exemplo, vão falhar tanto nos próximos jogos, ou que Daniel Alves vá jogar tão pouco.

Então vamos com calma. Foi o primeiro jogo após férias de 120 dias. Não é e 20 dias que eles voltarão ao estado normal.

Minha fé não se abala nunca.

13 comentários em “Derrota na volta, mas é só um recomeço

  1. SPFC perdeu para o time que tem 90% de chance de ser campeao paulista .

    chance do SPFC de ser campeao paulista 35%

    chance de chagar a final do paulista 45%

    chance de gannha brasileiro ou libertadores ou copa do brasil ???????????????????????????? ?????????????????????

    SPFC VOCE E MUITO GRANDE

  2. Presidente malukinho, é tambem o nosso,
    ou melhor senvergonha, mesmo, junto com esse
    trenero idolatrado e patético, e toda essa diretoria maldita.
    Nao sei mesmo porque, PP, voce é mesmo tao
    critico do malukinho, que concordo plenamente por sinal,
    e abranda com esses cartolas inoperantes e tao malukos
    quanto que acabaram com nosso SAO PAULO.

  3. O Bom dessa derrota serve pra tirar nossa ilusão logo de cara. Tem que ganhar domingo sim, acho coisa de time pqno entregar jogo, apesar de eu ter ctza absoluta do que vai acontecer no final caso o curintia passe de fase.

  4. Eu só espero que esses MERDAS entreguem para o Guarani, é o mínimo que eles deveriam fazer, porque tenho certeza que se pegar os gambás em uma final ou semifinal leva pau.

  5. Definitivamente o futebol acompanhou a redução salarial no São Paulo. Futebol bem abaixo das expectativas. No mínimo, era pra ganhar na posse de bola. Mas nem isso. O visitante mandou no jogo. Vítor Bueno precisa dar lugar ao Luan ou a alguém que marque melhor. Sozinho, Tchê Tchê não dá conta.

    Os rivais também jogaram bem pouco no clássico. Daí, a dúvida: nas finais, quando valer, correremos como antes? Afinal, 20 dias é o tempo usual de uma pré-temporada.

    Agora a imprensa galinácea pressionará o São Paulo para ganhar do guarani de qualquer maneira. Farão de tudo para valorizar a partida como se fosse uma final. Vão resgatar aquele jogo do Grafite, entrevistarão jogadores dizendo que o São Paulo sempre deve buscar a vitória. De minha parte, eu concordo. Por isso, até ajudo na escalação. Daniel Alves no gol. Na zaga, Volpi e Perri. Dênis e Thiago voando nas laterais. De volantes, o frenético Shaylon e Rojas(de muleta mesmo). A dez é do Anderson Martins, sem discussão. No ataque, nem é preciso inventar: Trellez de centroavante com Helinho e Bóia nas pontas.

  6. Paulo Pontes, amigo Paulo Pontes, respeito muito o seu otimismo mas não consigo enxergar um futuro tão positivo.

    A direção do Clube investiu em 4 anos – 2016 a 2019 – o valor total de R$ 384.493k (trezentos e oitenta e quatro milhões, quatrocentos e noventa e três mil Reais) em aquisição de direitos federativos de atletas (contratamos 59 profissionais). Cotia nos fornece por ano mais 4 ou 5 jogadores de bom nível para integrar ao grupo principal.

    Com todo esse capital não conseguimos montar um elenco competitivo. Essa é a prova matemática da incompetência dos envolvidos na gestão do futebol do SPFC na administração Carlos Augusto de Barros e Silva.

    Podemos até ganhar este campeonato Paulista, pois o futebol é o esporte apaixonante que permite as surpresas, mas isso não muda a situação.

    Se o SPFC for campeão Paulista em 2020 terá “salvado a década” (sim, a próxima década se inicia em 01/01/2021), tirado a fama de “pé frio” do Leco, e nos igualado no período ao grande Ituano, campeão Paulista de 2014. É muito pouco.

    Flavio Marques

    • Flávio, sua última coluna é de suma importância, e acredito que todo são paulino deveria estar a par da discussão. Não dá pra continuar deixando a raposa tomar conta do galinheiro, é preciso acabar com o monopólio. Não sei se o refundamento do clube dos 13, como você sugeriu, mas, de fato, os clubes precisam se unir. E forçar flamengo e corinthians a se adequar à uma receita mais equitativa. De outra forma, o futuro do futebol brasileiro estará condenado. A possibilidade do próprio clube negociar seus direitos, na teoria, me agrada. Mas exige departamento de marketing realmente profissional, coisa muito difícil de acontecer.

      • Sim, André Felipe, o único caminho possível para os clubes é a união para ganhar força.

        Não falo em união como uma utopia, irmandade entre os dirigentes, mas sim como uma associação ou cooperativa comercial, onde todos são concorrentes mas defendem objetivos comuns.

  7. Só o comeco, amigo, de todo um filme que já vimos repetidas vezes.
    Ontem, nosso time foi engolido dentro da nossa casa.
    Essa é a realidade, o Braga nos fez dancar no ritmo do interior.
    Um time valente com jogadores refugos em sua maioria, como o nosso Morato.
    Um técnico que buscou a vitoria sempre e seus jogadores esbanjaram disposicao
    e vontade sendo recompensados por isso.
    Uma excelente vitoria para eles e nos joga na mesmice de sempre,
    o time, nao está pronto, ainda falta, o covid e a mascara nos atrapalharam, a mascara, sim,
    de jogadores em fim de carreira que ja eram, e um trenero que nao sabe a que veio.
    Entao, que venha a nova diretoria e renove tudo, do goleiro ao ponta esquerda, tudo, tudo.
    Que venha um novo SAO PAULO, porque esse ai, kkkk,
    porque esse ai, e isso ai mesmo, na volta ou no recomeco, um time sem vergonha, agora sem torcida,
    sem trenero, sem nada mesmo, a sim um monte de medalhoes, ou de merda.
    Obrigado Bragantino e seu DT, por nos lembrar que ainda existe um bom futebol por aí.

  8. Eu respeito muito a opinião do Paulo Pontes, mas como você consegue otimismo pra ficar nesse eterno é só um começo desde 2009? O campeonato parou pra todos, então o que se acha grande tem que entrar em campo e bater o pequeno, afinal aqui temos alguns ganhando mais de 1kk de reais!

    Eu não aguento mais começar e sempre perder, eu sempre fui competitivo e não aceito derrotas como aprendizado… aliás se derrota ensinar já estamos com doutorado em derrotas!

    O SPFC como vencedor acabou!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.