Vitória no Rio traz esperança lá no fundo da alma

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, o São Paulo conseguiu uma vitória heroica no Rio de Janeiro, com gol aos 47 minutos do segundo tempo. E isso nos faz respirar aquele fundinho de esperança de ainda brigarmos pelo título.

O jogo era, como eu digo, “ganhável”, apesar de ser no Rio de Janeiro, na casa do Botafogo. Mas o time carioca é bem inferior ao do São Paulo. E essa supremacia começou a ser demonstrada já no início do jogo. Com um toque leve no meio de campo, o São Paulo tomou o domínio das ações desde o começo

Cuca entrou com Juanfran na direita e Luan na cabeça de área. Daniel Alves e Hernanes fizeram o meio, Tchê Tchê jogou mais aberto pela direita, com Pablo e Everton à frente. Foi um nítido 4-4-2, que em alguns momentos mudou para 3-4-2, já que Juanfran, Bruno Alves e Arboleda passaram a formar a linha de três lá atrás, ficando Daniel, Hernanes, Luan e Reinaldo na linha de quatro no meio de campo.

Toró não correspondia às necessidades do time. Aliás, entendi aí um erro do Cuca. Ele poderia ter mantido Everton no time, sacando, como fez, Antony. Toró tenta dar um drible a mais e perde a bola.

Mas tenho que ser justo. Sua participação no primeiro gol foi importante. Reinaldo, o melhor em campo, fez a jogada pela lateral, tocou para Toró que viu Hernanes entrando, deu-lhe a bola e Hernanes fez um gol de verdadeiro meia.

O grande problema é que o São Paulo não soube segurar o jogo. O Botafogo ficou desnorteado com o gol Tanto que logo depois, em cobrança de escanteio, Pablo cabeceou na trave. Era pré-nocauteado o time carioca. Sairia vaiado de campo. Mas numa falha de Juanfran na marcação, sofremos o gol de empate aos 46 minutos. Isso fez com que o time que sairia vaiado pela torcida saísse aplaudido.

Mas no segundo tempo o São Paulo continuou melhor, chegando várias vezes ao gol, ainda que com chutes de meia distância. Cuca colocou Antony e Everton, tirando Hernanes e Toró.

Mas Antony voltou a decepcionar. Na primeira jogada que deu um chutinho grotesco para o gol, ouviu a reclamação de Pablo que pedia a bola. Mandou um palavrão na direção do centro-avante. Isso mostra que ele está absolutamente desequilibrado, que o sucesso subiu à sua cabeça e que o banco deverá lhe fazer bem.

O gol do Tricolor, já nos acréscimos, premiou quem procurou o tempo todo a vitória. Cruzamento de Daniel Alves, Arboleda ganha de toda a defesa e Pablo, milimetricamente na mesma linha do zagueiro, faz o gol.

Voltamos respirar o ar de “podemos brigar pelo título”. Só não temos mais o direito de errar como erramos em alguns jogos.

15 comentários em “Vitória no Rio traz esperança lá no fundo da alma

  1. Antony está se achando… é mais do mesmo, entre os inúmeros mimados de Cotia. Péssimo finalizador, precisa melhorar muito para ser titular inconteste.

  2. Vi agora o lance do Antony mandando o Pablo tomar no c… Esse muleque precisa de um bom chá de banco pra baixar a bola. Além de muito treinamento de finalização, porque ele não sabe finalizar.

  3. Antony tem que ficar no banco pq desde que começou set convocado nao jogou mais nada, uma displicência vergonhosa, era um jogo ganhavel e ate pq se perdessemos botafogo tb ia encostar na gente e ganhando do Goiás no próximo mesmo que percamos para Flamengo pq eles estao anos luz a nossa frente com jogadores focados e um ótimo treinador.
    De resto é o resto vamos brigar para ficar no G4 pelo menos .
    E com certeza o Cuca nao treina esse time e por isso esconde os treinamentos pq um time desorganizado, ganhou pela qualidade de alguns jogadores.

  4. Timinho ridiculo & bipolar, fruto de uma diretoria du le KU & cia + confie em mim.
    Una mierda, ganhou, dever cumprido, sempre fomos ganhadores, nao cavalos paraguaios como somos atualmente.
    Na semana o time do Parana, nos mostrou como se ganha uma copa do Brasil, com jogadores supostamente sem as mesmas referencias e salarios que os da grife SPFC. E, ainda com um tecnico que nem mesmo sei o nome, mas muito melhor que essa anta que nos dirige atualmente. Que sirva de licao e humildade, resta-nos a busca pela Libertadores, mas sem repescagem, porque se precisar dela estamos fudidos. Enfim quem tem esse trenero, nao tem nada mesmo.

  5. Frases de editorias:

    Jogo contra o CSA frase : “Empate ridículo, nos deixa na briga do G-6. Tchau título!”

    Jogo contra o botafogo frase :” Voltamos respirar o ar de “podemos brigar pelo título”. Só não temos mais o direito de errar como erramos em alguns jogos.”

    .nem uma frase contra a diretoria, nem uma frase contra o treinador.

    Definitivamente não conhece os problemas do são paulo ,e se conhecer não estar preocupado em resolve-los .

  6. Novamente essa história de brigar pelo título???

    Com esse futebolzinho???

    Paulo Pontes respeitosamente, assim como vc sempre pede para o torcedor não chamar o Reinaldo de Kingnaldo… Peço pra que não venha com esse papo de título após um Vitória sofrível contra um time que beira a falência e sem recurso humano!!!!!

    Hoje nossa realidade é G6 pelo futebol apresentado pelo SP e pelos concorrentes direto, não vejo a MÍNIMA possibilidade de título!!!!

    Ainda que por um Milagre o Flamengo perca hoje ainda teremos 7 pontos e um confronto direto, confronto que não vejo o SP em condições de ganhar… Ainda que ganhe ficaremos 4 pontos atrás, isso se combinarmos com Palmeiras, Santos e Inter para que percam seus jogos também!!!!!

    NOSSA REALIDADE É G6 E SÓ!

  7. Vou ajudar mais um pouquinho no editorial:
    Quanto tempo faz que o são Paulo não faz um gol de falta? Quem é o cobrado de falta do são Paulo ? a diretoria deveria cobrar do jogador que é responsável pelas faltas ficar depois do treino como fazia o Ceni cobrando falta . porque não faz? Porque é diretoria incompetente e não faz seu trabalho de cobrar os jogadores direito . e o jogador porque não ficar batendo falta depois do treino ? Porque é preguiçoso
    Obs : falta é 38% dos gols decisivos de um time e esse fundamento já ganhou vários campeonatos .

    Esse é o são Paulo que precisa ser mudado por completo

  8. Paulo Pontes, amigos do Tricolornaweb,

    O Tricolor mereceu a vitória e é um visitante indigesto, mas não acredito em briga pelo título devido aos 6 empates que já cedemos em casa. Vamos focar no G4 e torcer jogo a jogo.

    Fato: para pressionar o adversário e marcar a saída de bola Cuca precisa tirar Hernanes, nosso melhor jogador, de campo. Juanfran também sofre quando exposto a atacantes rápidos. Nosso time mais veterano não consegue sustentar pelo jogo inteiro a intensidade necessária para vencer no futebol ultra competitivo do Campeonato Brasileiro.

    Gostei muito do futebol que vi no segundo tempo hoje. Vamos São Paulo!

    • Paulo, não houve erro do Juanfran no gol do Botafogo. A falha foi dos volantes/meias. Foram os 3 marcarem o mesmo jogador e deixaram o meio de campo aberto.
      Concordo 100% com sua avaliação quanto ao Antony. Adiciono apenas a observação quanto aos chutinhos que ele dá. Parece que não ensinaram ele a bater com o peito do pé na bola. Ele só chuta com o lado do pé. Será que é tarde para ensinar este fundamento a ele?

      • Concordo com vc Victor

        Antes do passe para o jogador que fez o gol tinha 3 jogadores do SP marcando um jogador que ainda conseguiu fazer o passe!!!!

        O Juanfran estava marcando o numero 29 do time do Botafogo e teve que abandonar essa marcação para tentar marcar o jogador que fez o gol!!!!

        É só ver o lance inteiro, culpar o Juanfran nesse gol é apenas analisar o resultado da ação e não toda a jogada!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.