Derrota de Porto Alegre teve o “se” como pronto principal

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, o São Paulo perdeu do Grêmio em Porto Alegre, num jogo daqueles onde no início do campeonato, quando você pega a tabela para fazer projeções, coloca como “perdível”. Mas foi, para o nosso lado, tristemente o jogo do “se”, aquela partícula que não existe no futebol, mas que sempre está presente e faz um grande estrago.

Alguém tem dúvida que “se” Nenê tivesse feito o gol o São Paulo teria saído com a vitória? O primeiro tempo acabaria com 2 a 0 no placar para nós, pressão para cima do Grêmio e o time podendo jogar para segurar um longo resultado. Mas Nenê não fez o gol e o Grêmio conseguiu empatar aos 49 minutos. Então o “se” mudou o rumo do jogo.

Seria imaginável que Militão fizesse a lambança que fez, no lance que originou o segundo gol? Claro que não. “Se” ele tivesse feito o correto, chutaria a bola para a frente e o time se reorganizaria. Poderíamos tomar o gol em outro momento? Sim. Mas isso “se” o Grêmio conseguisse furar nossa defesa.

Portanto, neste jogo de Porto Alegre o “se” foi extremamente rude com o nosso time. Sem contar o árbitro, carioca canalha, que tirou Hudson, Militão e Arboleda da partida contra o Cruzeiro. No lance de Hudson, nem falta foi. No de Militão, falta normal. O único cartão admissível foi o de Arboleda. Sem contar que ele usou dois pesos, duas medidas: cartões para o São Paulo e nada para o Grêmio. Mas isso continua sendo resultado de uma força inexistente que temos nos bastidores.

Analisando a partida em si, começamos muito bem, marcando o gol logo no começo. E depois suportamos a pressão natural do Grêmio. Nosso problema estava do lado direito, onde Militão tomava um baile de Everton e Rojas não conseguia ajudar. Hudson começou a ajudar nessa marcação, mas depois que recebeu o cartão amarelo, tirou o pé e  passou a marcar à distância. Isso também ajudou o Grêmio a crescer muito na partida.

No segundo tempo o time foi mais para a frente. Nenê, que estava jogando muito recuado, passou a alternar o lado do campo com Everton. Rojas ficou mais adiantado, mas estava numa péssima jornada. O jogo estava equilibrado, quando Militão fez aquela pataquada, passou a bola para o Hudson, que estava de costas para o campo adversário, com três gremistas em volta dele. Claro, perdeu a bola e saiu o gol.

Aguirre demorou para mudar o time. Fez as alterações que eu imaginava, mas muito tarde, sem tempo de surtirem efeito.

Mas estamos no lucro ainda. Na projeção que fiz para a volta da Copa, imaginava ganharmos seis pontos, com uma vitória e três empates. Já ganhamos esses seis pontos. O que viesse a mais seria lucro. E vamos buscar esse bônus contra o Cruzeiro, no Mineirão.

Vi alguns comentários no Opinião de são-paulino “durante o jogo”, que deixei por conta da emoção, coração batendo forte e uma forma de jogar para fora a irritação. Mas não podemos jogar por terra tudo o que foi feito até agora. Ganhamos do líder, dentro do Maracanã, um clássico, ainda que no Morumbi e perder para o Grêmio lá em Porto Alegre é a coisa mais natural do mundo. Estamos tendo a sequência mais difícil do campeonato. Uma sequência que time nenhum teve. Não esqueçam que ela se repetirá no segundo turno, mas de forma inversa.

Dito isso, estamos muito bem. Não vamos brigar só pelo G4 não, pela Libertadores. Vamos brigar pelo título. O trabalho está no caminho certo. Perdemos, mas continuamos na vice-liderança, a dois pontos do líder. Ou seja: se daqui até o fim do campeonato tivermos resultados iguais – São Paulo e Flamengo – bastará, no confronto direto, ganhar aqui no Morumbi que seremos campeões. Portanto, reconheço que é horrível perder, mas vamos em frente porque esse ano promete coisas muito boas para nós.

19 comentários em “Derrota de Porto Alegre teve o “se” como pronto principal

  1. Alguns fatos…
    1o – o Diego precisa ter fome de gol… nunca que um centroavante passaria aquela bola!! Era caixa, ou no máximo um passe rasteiro, nunca um balãozinho!

    2o – dois gols defensáveis, principalmente o primeiro, o chute foi no meio do gol.

    3o – ridícula a atuação do juiz. O Grêmio matou nossos contra ataques com faltas o jogo todo… o Kannemman poderia levar dois vermelho que estaria no lucro.

    O Grêmio é um excelente time, mas tínhamos uma proposta de contra ataque que pra mim foi a correta e não deu certo pelos fatos acima.

    • O segundo lembra o frangasso do Kacio (lembrando Sidao)
      so’ que o chute foi mais perto, mesmo assim, tava tambem na linha da bola,
      como o primeiro.
      S idao, na ortografia correta
      e’ o mesmo que o Se do PP,
      foce um Ce como ponto principal.
      Cansei do franguero, agora e’ pau.
      Phoda-se, ele *S idao, Cidao ,
      mas nunca o nosso TRICOLOR.
      Que venha Jean, ou Lucas, mas chao hermano piruzero.

      • Em tempo,
        a proposta dos contra ataques
        deu sim certo,
        como voce e eu tambem disse Diego
        literalmente dormiu, amarelou, nao foi objetivo,
        sei la’, o fato e’ que ele vacilou. No segundo tempo
        fez o certo matou no peito e mandou a varada,
        mas la’ tem goleiro.

  2. Se a CBF não tivesse sua sede no RJ, se o árbitro não fosse carioca, se o Leco tivesse uma atuação política mais eficaz, se o árbitro não tivesse uma atuação parcial e SE O NOSSO GOLEIRO FOSSE UM CARA MELHOR, daria até para ganhar essa partida.

  3. O se estaria do nosso lado se Diego Souza nao tivesse amarelado,
    ali era bico e correr para o segundo abraco,
    complicou o Nene lhe dando um presente de grego,
    uma bola dificil e ainda demorou.
    Kariokadas fdp esta na cartilha,
    pior que o stj.
    Fora isso com nossas limitacoes atuais,
    esta alem do previsivel.

    • Sidao esta’ para a gramatica,
      assim como,
      Sidao esta’ para o futebol.
      E, buscamos outro para ser banco,
      e o da base, o Lucas, dizem maravilhas,
      masss quem tem peito de barrar o Sidao.
      o kara ainda e’ capitao. My God !!!

  4. Concordo em partes com Paulo, tivemos falhas que nos 2 jogos anteriores nao tivemos, achei o time irreconhecível, goleiro bom nos nao temos, infelizmente , sobre árbitro concordo e estamos na mão da cbf que esta arrumando tudo para Flamengo ser campeão.
    E seu Aguirre demora d+ para fazer leitura do jogo para substituir, tudo bem que nao temos banco mas ele precisa aprender.
    Nao duvido nada se contra o Cruzeiro nao tiver lambança do juiz carioca.
    E que nao concordo com o Paulo que o Hudson mereceu o cartao pq chegou atrasado e e veio por baixo atingindo bola e jogador e amarelou com cariocada.
    Enfim como ja foi dito estamos no lucro ja que fizemos 6 pontos em 9 derrota previsível.

  5. Avisei que com Sidao eu não confiava em título e eh isso que vai acontecer. Nenhum time ganha campeonato com goleiro fraco, acha que a única vez foi em 1970 com o Brasil, pois Felix não tinha trabalho, quando tinha não segurava, mas aquela seleção era magistral e marcava muitos gols.
    Esse Sidão não pega uma bola difícil, passa perto dele e não pega, pula pra trás, coisa bizarra de goleiro amador.

    Aguirre faz um bom trabalho, mas vai morrer abraçado com esse pseudo goleiro amador.

  6. “Jogo se ganha com um time; campeonato se ganha com elenco.” Após os últimos jogos ficou constatado que não temos jogadores no banco que mantenham a qualidade da equipe titular. Nós, são-paulinos, sabemos melhor que ninguém que para ganhar o Brasileirão honestamente é preciso atletas diferenciados e um grupo bem reforçado.

    Hoje, não temos elenco para superar o consórcio flamengo-globo e toda sua influência na arbitragem. Como o Paulo Pontes apontou, o apitador cirurgicamente imobilizou nosso setor defensivo. E, segundo o Alexandre Higino, lá vem outro carioca contra o cruzeiro. Nossa diretoria precisa se mexer ainda mais do que já tem feito se quisermos sonhar com o título do Brasileirão. Mais uns dois ou três jogadores do quilate do Éverton e do Rojas e aí poderemos deixar os urubus mais um ano só no cheirinho.

  7. Ainda bem que vc lembrou do árbitro Paulo, só essa cbf mesmo pra colocar um carioca pra apitar um jogo que interessava e muito o Flamengo, depois não querem ser xingados!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.