Mais uma eliminação: a segunda em quatro meses do ano

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, é duro mas é verdade: fomos eliminados mais uma vez da Copa do Brasil, dentro de casa, após estar ganhando por 2 a 0 e ceder o empate. Aí ouço alguém falar perto de mim, no estádio, que o Atlético-PR é nossa asa negra. Bem, o Atlético é, o Palmeiras é, o Corinthians é, o Santos é, o Grêmio é. Todos são. Na realidade, nós é que somos a asa branca de todos.

Pensem numa coisa: em quatro meses deste ano (se levarmos a ferro e fogo três, porque a estreia no Paulista foi na segunda quinzena de janeiro e estamos iniciando a segunda quinzena de abril), já fomos eliminados de duas competições: Campeonato Paulista e Copa do Brasil. Pior: este ano, exceção feita à vitória sobre o Corinthians no Morumbi, na primeira semifinal do Paulista, não ganhamos de nenhum time da série A. Nossas vitórias, além dos times do interior do Campeonato Paulista, foram, na Copa do Brasil, sobre o Madureira, CSA e CRB. No Brasileiro, ganhamos do Paraná, recém-chegado da série B.

Falar que não aguento mais ser zoado pós jogos do São Paulo, já virou lugar comum. Eu não aguento, vocês todos não aguentam. A imensa torcida tricolor não aguenta. Talvez aqueles senhores que ocupam os microfones do Salão Nobre do Morumbi aguentem. Vão dormir de cabeça quente essa noite, mas amanhã ninguém estará rindo da cara deles. Salvo se entrarem em qualquer rede social e verem os memes que já se formaram.

Falando do jogo desta noite, atribuo diretamente a Diego Aguirre a eliminação. Mas espera um pouco: não estou, com isso, dizendo que vou defender sua demissão. Longe, muito longe disso. Mas o time, que jogou muito bem no primeiro tempo, teve duas peças falhas, uma por si próprio, outra por culpa do técnico.

Ao invés de fazer o simples, o que vinha dando certo, colocando a defesa com Militão do lado direito e Regis do lado esquerdo, optou por inverter os dois. Só que Militão foi terceiro zagueiro, mas Régis não foi lateral, nem ala. Foi um quase meia. Aguirre formou um esquema 3-4-3. Liziero também não foi ala, nem lateral. Foi segundo ou terceiro volante, mas foi muito mal. Não chegava à frente pelo lado porque  tinha que entrar pelo meio; não voltava para cobrir o lado esquerdo porque era missão de Militão.

O fato é que, após um primeiro tempo quase perfeito, com o time marcando pressão, tomando a bola no ataque, descendo em massa, fazendo 2 a 0, sofre um gol por um pênalti bobo cometido por Liziero e começa a desandar. Aliás, esse pênalti só aconteceu porque Liziero era o volante que deveria marcar aquele setor. Mas estava lá na frente. Militão foi para dentro da área. O cara entrou sozinho. Liziero chegou atrasado e erro grotescamente ao dar o carrinho e ficar deitado. Aí cometeu o pênalti.

Era evidente que Aguirre deveria voltar para o segundo tempo com Cueva ou Lucas Fernandes no lugar de Petros; que Militão e Régis deveriam inverter a posição. Mas não. Aguirre não mexeu. Tudo continuou como estava. E de novo, jogada pelos lados, entram dois contra um da esquerda para o meio, o cara vai na linha de fundo sem marcação, cruza para outro entrando pela direita sem marcação e sai o gol de empate. Arboleda falhou, sim. Mas Petros não marcou o lado, Régis muito menos; do outro lado, Militão não marcou, Liziero muito menos.

O gol de empate foi aos seis minutos, mas o São Paulo se desarrumou. Os paranaenses ainda acertaram uma bola na trave. Poderiam ter virado o jogo. Aguirre colocou Diego Souza no lugar do inútil Trellez. Perdeu em velocidade, mas ganhou em técnica. Algumas chances apareceram. Nenê obrigou o goleiro atleticano a fazer grande defesa; depois o próprio Nenê cruzou uma bola que deveria ter chutado ao gol; o mesmo aconteceu numa jogada com Régis. Enfim, algumas chances foram criadas, mas acabamos eliminados, dentro do Morumbi.

Não vou entrar na questão dos quase R$ 50 milhões  gastos para reforçar o time, até porque dois jogadores, que entendo titulares, ainda vão estrear: Gonzalo Carneiro e Everton. Também não vou contestar a falta de contratações. Vamos lembrar que o São Paulo contratou, este ano, um jogador para cada posição do time: goleiro Jean, laterais Régis e Reinaldo (que voltou), zagueiro Anderson Martins, volante Hudson (que também voltou), atacantes Trellez e Gonzalo Carneiro, meias Nenê, Valdívia, Diego Souza e Everton. Foi praticamente um time inteiro.

Tenho esperança, sim, para o Brasileiro e para a Sul-Americana. Desde que não saiam vendendo no meio do ano. Continuo achando que o time ganhou corpo e, por mais que hoje Aguirre tenha errado, na minha opinião, é visível que existe um esquema tático.

Não vou abaixar a cabeça. Estou puto, sim. Saí do Morumbi cuspindo marimbondos. Mas tenho esperança que ainda poderemos ter algo bom este ano.

28 comentários em “Mais uma eliminação: a segunda em quatro meses do ano

  1. A solução leva tempo…

    Montar um elenco com visão de longo prazo, comissão técnica fixa, manter uma ideia de jogo padrão…

    Quando isso deu certo?
    SP 2004 até 2009.
    SP 1991 até 1994.
    Curintias desde a chegada do Tite…

  2. Cara to de saco cheio dessa fase ruim, que dura ha quase uma década, dava um orgulho de ser aquele são paulino dos anos 80, 90 e por que não dos anos 2000 também, espero que um dia esse time tenha brio de verdade, e que a politica maldita do clube pare de interferir dentro do campo. Maldito seja o Leco!

  3. Raí , por favor ,faça essas coisas pelo soberano
    1) Converse com os jogadores sobre o que ele está achando sobre sua posições no campo , porque eu tenho certeza que muitos jogadores não estão confortáveis da maneira que estão jogando .

    2) Contrate urgentemente um goleiro decente para o soberano (sidao e jean vendam os dois )

    3) Mande embora o aguirrer e deixe jardine ate a copa depois contrate um treinador decente ( tite , osorio etc) obs : treinador a gente deixa no clube por muito tempo ,já o entregador de camisa a gente manda embora com um semana um mês etc ,portanto não jogue fora sua careira escutando essa impressa que diz que tem que manter o entregador de camisas .

    4) Ou o soberano joga organizado todo jogo ou então a gente esta perdido o ano de 2018 ,dica: o soberano tem que jogar 442 o resto não adianta (obs : pode perde de 100 a zero mais tem que jogar organizado os 90 minutos do jogo .

    Ou faz o que o beto falou ou so deus pode salvar o soberano de mais um vexame .

  4. ” frase do dono do editorial é visível que existe um esquema tático”. isso é demais era melhor ter feito o editorial sobre o regulamento de copa do brasil , são esses editorial que Invés de construir destrói ainda mais o soberano

    que deus ajude o soberano

  5. Com certeza o são paulino não está contente, mas não é de hoje, estamos assim a anos.
    Um dos motivos, três técnicos em quatro meses, consequência 2 eliminações em quatro meses, não há milagres.
    Creio também que tanto esta diretoria como a comissão técnica tornarão o time mais competitivo e aí sim as coisas começarão a se ajeitar, mas há que se ter tempo para trabalhar.

  6. Paulo e amigos,

    ontem, Aguirre exterminou meu otimismo. Se cheguei a ter alguma esperança por títulos, ela se esvaiu ontem. A indolência de Aguirre foi hedionda. Um jogo importantíssimo para o São Paulo, nas atuais circunstâncias, e ele simplesmente resolve experimentar a seu bel prazer. Quando toda a História do Futebol preconiza que, numa situação dessas, o melhor é não inventar, apostar no que está dando certo, o farsante resolveu dar o “toque pessoal”.

    Aguirre fez o São Paulo merecer a desclassificação. A única coisa que o time tinha mais acertado era o setor defensivo. O que ele fez? Desarrumou tudo, como se fosse uma partidinha qualquer. Irresponsável.

    O São Paulo precisando marcar gols, e o retardado começa o segundo tempo sem alterações. Esperava o quê? A calma e naturalidade com que encara nosso martírio é o atestado de que não está nem aí para o São Paulo.

    Mas o pior de tudo, o pior mesmo, não foi a desclassificação em si, mas o modo COVARDE com que o interino armou a equipe. Com OITO jogadores de marcação. OITO porque a única coisa que o Tréllez faz é marcar saída de bola. Isso com o São Paulo precisando da vitória. Ou seja, não aprendeu nada com os jogos até agora. E não me venham falar que dominamos o primeiro tempo, porque nossos gols foram de lances individuais e não de jogadas trabalhadas, ensaiadas.

    Enfim, Diego Aguirre é mais um ENROLADOR disposto a fazer os torcedores de palhaço. A torcida tem que cumprir o seu papel, e limpar esse sujeito das solas das chuteiras tricolores. Mudar de técnico toda a hora não é bom, nem desejável. Mas manter outro Dorival, outro Ricardo Gomes é ainda pior. E mais deprimente.

  7. Rai, Lugano e Ricardo Rocha, tragam urgentemente o Dr. Turibio, o Rosã e o Carlinhos Neves, só assim esse time vai conseguir jogar 2 tempos ou seja 90 minutos, pq faz muito tempo que vem jogando só 45 minutos, quando joga.

    • Não estava bem não amigo, faz tempo que não está. Só uma parcela aí se iludiu porque ganhou do Paraná, que vai ser rebaixado no fim do ano.

  8. Paulo Pontes, o que estamos vivendo desde a época de Juvenal Juvencio é a incompetência de nossos dirigentes. Juvenal, Aidar, Leco nunca foram e nunca serão Administradores competentes para uma ” empresa ” de R$ 400 mio por ano. O Futebol é apenas reflexo do que vemos nos bastidores, com ausências em reuniões, votos contrários ao clamor das torcidas, pessoas erradas nos lugares errados, conselheiro com cargos remunerados, trocas de técnicos, gestão amadora na base, continuidade.
    Infelizmente nada podemos fazer antes de 2020 e tenho certeza que na próxima eleição o dinheiro da máquina reinará e continuaremos à mercê de ” novos ” nomes como Roberto Natel , Julio Casares, etc ..
    Duro é ser torcedor, fácil é ser dirigente e mais fácil ainda, ser amigo do REI .

  9. Creio eu, a essa altura, que não haja um SãoPaulino sequer que duvide que o Leco é, anos luz, o pior presidente da história do São Paulo.
    Os números estão aí para comprovar isto.
    Eles não mentem.

  10. Nene
    esse veterano jogador,
    foi um dos poucos que honrou nossa camisa tricolor,
    como as geracoes antigas honravam.
    Talvez, essa geracao nova seja isso mesmo.
    Haja visto o comportamento do fraco militao para renovar.E ai’ ao menos retribuir um pouco do que vai ganhar adiante
    nas costas de quem o formou. Essa e’ a retribuicao.
    ??? Esperar o que ??? dessa tchurma ???
    Alem de fracos nao tem senso de nada.
    O Sampa nao jogou nada, achou dois gols,
    foi um timeko, desconectado, um amontoado de jogadores
    mal escalados e fora de posicao, nao havia nada, nem transicao rapida,
    coberturas e objetividade, deveria mesmo ter perdido e esteve perto,
    muito perto.

    • Concordo plenamente com vc!

      Esse banana desse Raí eh mais do mesmo, deve ser pau mandado da diretoria. Contratar esse ASNO que.nunca ganhou nada, foi um fracasso por onde passou no Brasil, sabendo que o SPFC precisa nesse momento de alguém que o levante e não mais uma aposta, eh mais um ato de incompetência do ex jogador.

  11. Com certeza mandaram esse pau mandado do Aguirre escalar Rodrigo Condomínio Caio e Diego Souza pra mostrar ao Tite pra que ele leve.pra copa, sabem porque? Porque querem vender esses dois, esses VENDEDORES da diretoria só pensam em $$$$, não estão interessados em montar um time pra ser campeão, o que querem eh vender jogadores, ai eles contratam técnicos medíocres como esse Aguirre que eh da patota do Sr. Raí e que aceita fazer o que a diretoria manda.
    Porque desde o verme do Juvenal não contratam técnicos de ponta? Porque esses não aceitam ingerência no seu trabalho, mas pau mandados como essa ANTA URUGUAIA aceitam.
    Tivessem deixado o Jardine, tenho total convicção que ao menos chegaríamos na final do paulista, eliminaríamos esse Atlético Paranaense e o time estaria com um futebol mais vistoso.
    Jardine tinha em dois jogos montado um time certo, escalado como se deve e entregou pra essa ANTA URUGUAIA amiguinho do Raí e Lugano. O cara faz a lambança toda e o resultado eh o de sempre, eliminações.
    Enquanto essa política safada dessa diretoria comandar a comissão técnica pra eacalar, aceitar contratações duvidosas pra vender jogadores, porque tem safado que deve ganhar comissão de empresários por fora, vamos continuar passando vergonha.
    Eu não gasto meu dinheiro enquanto os vermes da corja do Juvenal estiverem no SPFC, recomendo a todos fazer o mesmo, deixem eles sozinhos pra passar vergonha, pois pouco se importam, querem eh $$$$.

  12. Infelizmente eu não tenho mais esperança. São 10 anos nessa draga. 10 anos de eliminações e vexames. Somos um time para ficar no meio da tabela. Um time pequeno. Uma nova Portuguesa. Não há liga entre o Leco e a conquista de titulos. É como água e óleo. Não se misturam. Triste realidade.

  13. Vai la vai la vai la
    Vai la de coração
    Vamo São Paulo vamo São Paulo
    Vamo… passar vergonha outra vez e continuar acreditando cegamente num projeto falido!

  14. Eu vejo muitos falando que o atual treinador melhorou o time….

    Alguém por favor me mostre onde houve essa melhora???

    O time só perde e empata onde está a melhora???

    Falam da “terra arrasada” do D. Jr. Mas onde ele errou em pedir jogadores de velocidade e receber Diego Souza e Trellez???

    Engraçado hoje é unânime que Diego Souza e Trellez não tem futuro no SP!!!!

    Olha estou tentando puxar pela memória um time MÉDIO que joga com 3 zagueiros e não consigo me lembrar de nenhum…. Alguém se lembra?

    Vou facilitar algum time fe série A do Brasil joga com 3 zagueiros???

    Esse é o treinador moderno???

    Ele é fraco mas não vou pedir a cabeça dele assim como foi com o igualmente fraco D. Jr… Porque o problema é o Diretor!!!!

  15. Deixa o Aguirre trabalhar…
    Ele já corrigiu muitos dos problemas deixados pelo Dorival e o time mesmo sem pré temporada está se ajustando.

    Lógico que a eliminação foi sofrida. Mas o time foi valente até o final, ninguém fez corpo mole. Hoje o entrosamento ganha jogos e campeonatos… fato! Foi assim com nosso tricampeonato brasileiro, aquele time fantástico de 2005, mas que foi eliminado de tudo em 2004…

    Só vamos melhorar se pensarmos no longo prazo. Acho o Aguirre um bom técnico e o elenco está melhorando, só precisamos manter o Leco longe do futebol.

  16. Paulo Pontes, a gestão Leco é sinônimo de frustração.

    Pode abordar diferentes pontos a cada derrota, a cada vexame, todos estão ligados a quem comanda.

    O ano acabou para o São Paulo, não tem chances de lutar pelo título brasileiro, sulamericana dificilmente ganhará, o negócio é rezar para 2020 chegar logo, e o Leco desaparecer.

    • Vai tomar um cacete do Rosario, ser eliminado, a cabeça do Raí vai se encaminhar pra guilhotina e pronto: mais um ídolo que roda sob a direção do maravilhoso Leco.
      Mas tudo bem. Em 2019 e 2020 ele acha mais dois otários pra apanharem no lugar dele.

  17. Sr. Paulo Pontes,

    Foi o preço pago por esperar tanto tempo para demitir Dorival, técnico este que o Senhor pedia paciência, deveria ter saído no final do ano passado. Aguirre só fez um jogo que não foi eliminatório e ainda está corrigindo os erros, estou esperançoso em relação ao Campeonato Brasileiro e a Sulamericana. Consequências de uma série de erros cometidos pela diretoria e pela antiga comissão técnica, o efeito da causa, entende?

  18. A mesma escalação contra o Rosário na Argentina ele escalou hoje!!!

    Quase todos elogiaram as alterações feitas por ele naquele jogo inclusive você Paulo Pontes, dizem ter sido muito inteligente da parte dele…

    Hoje se comprovou o que eu vinha dizendo, esse treinador é apenas um retranqueiro!!!!

    Se contratar Messi, Neymar e CR7 com esse treinador só joga 1 deles… E só retranca…

    Ai eu me pergunto, e se o Condomínio (o que acho difícil) for vendido ele vai manter 3 zagueiros???

    E se o Militão não renovar (que está na cara que não vai) ele vai manter o esquema???

    E se a sua seleção chamar ele depois da capa alguém acredita que ele não vai????

    Como você disse Paulo Pontes a unica coisa boa que espero esse ano é a saída do Sr. Confiem em mim!!!!!!

    • Um momento: não pedi saída do Raí; elogiei o esquema colocado na Argentina, mas não foi o mesmo de ontem. Lá o Régis jogou como ala e o Reinaldo também. Quando o Reinaldo saiu, o Liziero foi jogar de ala. Ontem não. Ninguém foi ala. Foi uma bagunça.

  19. Eu acho que teremos um brasileiro tranquilo como um time médio que viramos. Não vamos cair, vamos ficar no meio da tabela. Na média, medíocre.
    Vamos ganhar do Paraná, Vitória, Ceará e afins. Perderemos para Curintia, Parmera, Grêmio e afins
    Faremos 48…55 pontos e terminaremos em décimo.
    Mas com raça, amor à camisa.
    Pra um time médio não está bom ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.