A torcida fez a festa e o time correspondeu

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, o São Paulo venceu o Coritiba no Morumbi por 3 a 1 e bateu recorde de público no Campeonato Brasileiro: quase 60 mil pessoas estiveram presentes fazendo uma grande festa, mostrando que quando o preço é justo o público vai. E o horário das 11h está plenamente aprovado. Haja visto o número que vem sendo alcançado nos diversos jogos matutinos.

Entrando com um time muito ofensivo, com Michel Bastos pela lateral esquerda, dois volantes e Ganso fazendo a ligação para três atacantes, Juan Carlos Osório deu mostras que o time iria para cima. E não poderia ser diferente, pois jogando contra um dos piores times do campeonato, dentro do Morumbi, a ordem era atacar.

Só que o desempenho do Tricolor esteve abaixo de quarta-feira, quando houve um domínio completo sobre o Vasco. O jogo demorou um pouco para encaixar, mas em manhã de Pato muito inspirado, com uma jogada nitidamente ensaiada, onde Lucão sai pela esquerda e mete a bola em velocidade para Pato, junto à linha lateral, saiu o primeiro gol, em brilhante lançamento e jogada de Pato, para a conclusão de Centurion.

Depois, mais um lindo lançamento de Lucão para Pato, na mesma posição, ele corta em diagonal e marca um belo gol. A fatura estava liquidada. Bastava controlar o jogo, pois o Coritiba não teria forças para nada.

No segundo tempo bateu o cansaço e o ritmo caiu. Mesmo assim Pato, de novo ele, teve duas grandes jogadas e poderia ter servido Luis Fabiano, na primeira, e Michel Bastos, na segunda. Quis ir sozinho e perdeu a bola. O egoísmo prevaleceu.

Num descuido da defesa o São Paulo sofreu o gol. E, pode parecer incrível, mas o time sentiu. Passou a correr riscos com um aparente cansaço de todos os jogadores. João Schimidt entrou para reforçar o meio; também entrou Mateus Reis, com Michel Bastos indo para a frente, porque Centurion estava com a língua para fora; e Boschilia foi para o lugar de Ganso para dar mais mobilidade.

Já no final Pato marcou mais um, em jogada de cunho pessoal. Ainda teria o gol de Luis Fabiano, mas o árbitro apitou o fim do jogo no momento em que ele finalizava. Ridículo por parte da arbitragem.

O grande destaque, além de Pato e Lucão, fica por conta da torcida. Conseguiu bater o recorde do campeonato e mostrar que está com o time, quando ele merece. É só a diretoria não fazer bobagens que a coisa anda.

10 comentários em “A torcida fez a festa e o time correspondeu

  1. Só eu que senti um clima bem pesado nesse jogo? Tudo certo que o Pato foi muito bem e tal. Mas sei lá… ele teve duas chances claras de passar pros companheiros e jogar pelo time, mas preferiu lance particular. Ví o Luis Fabiano e o Michel Bastos muito putos com ele. Não sei… não senti os outros jogadores muito à vontade nesse jogo.

    • Se fosse o contrario,
      ??? acha que o luisito faria assistencia ????
      Poucos fazem, talvez o Ganso.
      Agora time que tem esse 9 em final de carreira,
      com toda essa marra,
      ???? vai ter alegria ????

      • Bem que esta proposta poderia chegar para dar mais chances ao boschilia, mas se o Osório quer, é porque entende que o jogador é bom e pode auxiliar o time.
        fazer o que? eu discordo, mas o técnico entende muito mais que eu. tomara que ele comece a mostrar mais futebol então. Obrigado pela resposta.

  2. Hoje. O Morumbi estava show. Todos num clima de bom. Havia muitas famílias, eu mesmo levei o Vo da minha namorada no estádio.

    Deveria, haver mais jogos nesse horário. A Torcida Agradece.

  3. O duro, o pesado e’ esse time carregar esse medalha’o que trava tudo.
    Talvez, ai temos a revolta do Bastos e do Ganso nas suas substituicoes, tambem
    concordo com eles, quem tem que sair e’quem na’o rende, e nada faz para melhorar nesse quesito. Cuidado Osorio, na’o vai querer carregar um escorpia’o no teu barko.

    • E’ so’ essa kartolada entender que futebol e’ pra gente tipo brasileira,
      a maioria pobre, de terceiro mundo,’ os que lotam as gerais e na’o os camarotes.
      Preco fifa, ai fika mesmo dificil.

  4. A defesa continua exposta.Rodrigo Caio não da o bote fica só cercando e ai o coritiba não fez porque os jogadores são péssimos.Prova disso foi a saida de Hudson que era o unico que marcava e ainda aparecia no ataque.
    Contra o Sport lá em Recife se jogar desta forma sairemos com a derrota e até com goleada.
    O ponto positivo é aquele garoto na lateral que p/ mim já poderia sair jogando e deixar o Michel Bastos na ponta direita e ou no centro do campo.

    • Tanto no jogo contra o vasco quanto hoje os gols saíram de falhas no setor do garoto. Se entrar com ele em recife certeza que o sport irá explorar isso. O garoto ainda é verde pra começar o jogo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.