Erro claro do técnico fez São Paulo perder a liderança

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, o São Paulo tinha obrigação de ganhar a partida contra o Avaí no Morumbi. Mais do que isso, tinha o jogo ganho. Mas nada como o dedo – errado – do técnico para colocar tudo a perder. E pôs. O gol que tomamos aos 45 minutos do segundo tempo foi um castigo para quem age errado.

Já fui indiretamente criticado nas notas dos jogadores ao dar 2 para Juan Carlos Osório. O fato de colocá-lo como único culpado pelo empate não quer dizer que não tenho paciência e que já estou pedindo a cabeça do treinador. As pessoas precisam entender que na página de “Notas dos jogadores” dou a qualificação para aquilo que vi em campo naquele jogo. Já dei 3 para Rogério Ceni sem, no entanto, achar que ele é 10 em sua carreira.

Portanto, explicado isso, voltou a insistir na culpa única e exclusiva de Osório. Já entrou com o time errado, pois jogando no Morumbi, precisando vencer o frágil Avaí, deveria ter começado com Centurion no lugar de Thiago Mendes e no decorrer da partida, já em vantagem, tirar Centurion e colocar Thiago Mendes para segurar mais a marcação.

O time não jogou mal no primeiro tempo. Marcou a saída de bola, teve algumas oportunidades, um gol mal anulado de Pato, defesas do goleiro, gol perdido pelo Ganso, enfim, o gol seria questão de tempo para sair. E veio na segunda etapa, com o time repetindo o futebol do primeiro tempo.

Um a zero no placar e o Avaí teria que se abrir e vir para a frente, como veio. Seria o caso de manter o time no mesmo esquema ou até colocar Centurion no lugar de T. Mendes. Ganharia força e velocidade no contra-ataque, mantendo três na frente. Ao tirar Thiago Mendes para colocar Edson Silva, formando o 3-5-2, ele trouxe o Avaí para cima do São Paulo. Sofremos tamanha pressão que parecia que o jogo era na Ressacada.

Para piorar um pouco mais colocou Centurion no lugar de Pato. Ou seja, ficamos sem homem referência. Quantas bolas tivemos nos contra-ataques, e Michel Temer ou mesmo Centurion ficavam procurando a quem passar. Então Osório deveria ordenar a Ganso que fizesse esse papel. Mas Ganso estava jogando próximo à linha do meio de campo. Mandar Carlinhos atacar, risível, pois, da mesma forma, ele não tinha para quem cruzar. Portanto as jogadas corretas teriam que ser as diagonais e não a linha de fundo.

Sofremos o empate no final e só não foi pior porque Renan apareceu duas vezes em grandes defesas, mostrando que podemos começar a nos tranquilizar quando houver a sucessão de Rogério Ceni.

Agora serão dois jogos fora de casa: o Palmeiras e o Atlético Paranaense. Os dois pontos perdidos hoje farão muita falta nesta sequência, podem ter certeza.

20 comentários em “Erro claro do técnico fez São Paulo perder a liderança

  1. Minhas observações:

    A) O Centurión está perdendo todas as bolas lá na frente. A bola bate e volta, aí o São Paulo fica mais exposto.

    B) Edson Silva fez o time todo marcar mais atrás e presentear o Avaí com o meio do campo.

    C) Some os dois fatores e o fato de quase termos levado mais um gol minutos antes. O empate não foi um lance isolado.

    D) Foi um erro grave e não era hora de fazer experiência. Era hora de assumir a liderança. Experiência tem hora certa pra fazer.

  2. Concordo que ganhar ontem era obrigação, também concordo que o Osório comeu bola colocando o Edson Silva.
    Mas como já disseram endeusaram muito o Osório por apenas dois jogos, eu acho que para criticá-lo está cedo, mais o próprio Rogério Ceni super valorizou o cara e a torcida foi junto, ele pode vir a ser um grande técnico para o São Paulo, mas pelo agregado destes 3 jogos não está indo bem e mexeu mal em todos os jogos e demos sorte de ganhar os dois primeiros.

  3. Vou falar e quem discordar pode dar sua opinião. Os times que tem mais probabilidade de ser campeão são aqueles que não pecam contra os chamados pequenos. O São Paulo ontem pecou e é bem provável que sentiras falta dos dois pontos que escaparam ontem.

  4. Tudo bem. A escalação do Thiago em lugar do Centurion e as substituições foram erradas, mas se o Tolói não tivesse falhado (mais uma vez) teríamos ganho o jogo apesar desses erros. Espero que o Breno esteja pronto logo.
    É claro que o Osório cometerá erros como qualquer mortal, mas esperemos que dê um padrão de jogo ao time. Vamos ver os dois próximos e importantes jogos.

  5. Ótimo editorial: análise perfeita do que aconteceu no jogo, desde o erro na escalação e, pior, nas alterações. O Osório precisa entender que não é porque gostamos de sua proposta que ele precisa ficar mexendo no time a toda hora. Ontem, por exemplo, ele deveria ter esperado pelo menos uns deis minutos a mais antes de mexer no time: seria o tempo para o SP fazer o segundo gol e tranquilizar a partida. Outra coisa: por que três zagueiros num time que vinha bem e que não vinha sofrendo nenhuma pressão do adversário até a mudança?
    Espero que o treinador tenha aprendido a lição…

  6. Respeito o post, mas não concordo em nada do que está dito. Tivemos um erro pontual da zaga, mas treinamos isso durante a semana. A explicação do treinado é absolutamente compreensível pela alteração. Perdemos chances, tivemos gol mal anulado e são coisas do futebol. Vamos aceitar nossas dificuldades e aceitar nossa progressão. Precisamos dar apoio.

  7. Eu não concordo que o erro foi do treinador.Ele errou,sim, ao tirar Thiago Mendes que era quem dava velocidade nos contra-ataques.Poderia ter tirado Michel Bastos que estava mal (Michel e Thiago estavam fazendo a mesmíssima função).E errou ao não colocar dois atacantes contra um Avaí da vida.Mas o Avaí já estava fustigando a defesa do São Paulo antes da mudança para três zagueiros.Pra mim,foi mais mérito do Kleina que arrumou muito bem seu time.Osorio foi enganado pela postura tática do primeiro tempo do Avaí.Acho que ele mudou certo ao colocar três zagueiros (na verdade, dois, porque Dório não é zagueiro nem aqui nem na China!Ele é horroroso!). Como disse o Paulo Lima da Fox:que culpa tem Osorio se Toloi fez aquela lambança?

  8. Cada um ve mesmo da sua janela com quer, ou como a paisagem se vislumbra.
    E’ claro que ouve o erro do tecnico por tudo o dito acima, nem vou repetir,
    mas tambem na’o nos esquecamos que o gol do Pato foi legitimo e que essa juizada arrogante e’ tudo aquilo de ruim que acontece no nosso futebol junto com essa poderosa maldita cbf, deveriamos focar nisso e os torcedores deveriam boicotar na’o indo aos estadios, por isso somos o que somos em tudo.
    Mais, o trenero errou, mas o tal de cruz na’o erra nunca, ele e’ auxiliar,
    acorda colombiano e manda esse auxiliar pra Brodowsky enquanto e’ tempo, a linguagem do futebol e’ universal.

  9. Acredito que realmente o Osório não deveria ter mexido daquela forma, não gosto do Edson Silva, é um zagueiro extremamente limitado e lento.
    Entendo que haverá ocasiões onde ele precisará jogar de forma mais defensiva, segurar jogo onde estejamos no sufoco e colocar um terceiro zagueiro é sim uma das várias soluções possíveis, porém precisa ser melhor treinada visto que estamos jogando na formação com apenas dois zagueiros a um bom tempo.

    Gostei muito de ver nossos jogadores de ataque chutando de fora da área.
    Marcando pressão.
    arriscando dribles no ataque.
    fazendo jogadas de linha de fundo.
    E gostei também do nosso técnico sendo pró-ativo e mexendo no time mesmo ganhando, uma coisa que me deixava puto com o murici é que ele precisava estar perdendo para fazer alguma alteração que todos estavam vendo que era extremamente necessária.
    Acho que para fazer alguma avaliação do trabalho do Osório é preciso pelo menos a primeira metade do brasileirão, ai sim conseguiremos emitir alguma opinião com um minimo de clareza, ele faz uma mudança errada e cai o mundo na cabeça do cara? pera ae… deixa ele mostrar do que é capaz, se num futuro se mostrar sem capacidade, tudo bem, mas vamos dar um minimo de tranquilidade para que possa treinar o time e implementar a sua filosofia.

  10. Hoje Osorio , foi péssimo mesmo Paulo , espero que isso não se torne rotina nas partidas em que estivermos vencendo de 1 a 0 , contra a Chapecoense também fomos mal e demos sorte de não termos sido castigado.

    Paulo , acho que os elogios ao Osório estavam demais de exagerados para tão pouco tempo de trabalho ,e você o que pensa sobre os constantes elogios até exagerados a ele?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.