O São Paulo viu o Corinthians jogar

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, o São Paulo foi a Itaquera ver o Corinthians jogar.Manso, sem fazer mal a ninguém, o time entrou em campo como se estivesse indo a um “casados  e solteiros”. E saiu de lá sem ter tido o sabor de fazer o goleiro Cássio sujar o uniforme.

Muricy conseguiu a proeza de fazer surpresa durante toda a semana sobre o time que entraria em campo e colocar uma formação que, no máximo, treinou por 40 minutos na terça-feira. Isso prova que ele está perdido para montar o time. Por outro lado, desde o primeiro jogo do ano, o Corinthians está jogando com a mesma formação e a única alteração para ontem foi Guerreiro, suspenso, e que poderia ser substituído por Danilo – como o foi -, Wagner Love ou Luciano. Aí fica fácil antever o que vai acontecer.

Muricy poderia entrar com a formação mais utilizada, no 4-4-2. Poderia ter encaixado um 3-5-2, deixando Michel Bastos e Bruno como alas. Mas tentou povoar o meio de campo e com isso causou mais lentidão  ao time. E a troca de bola sempre foi na horizontal, nunca na vertical. Tanto que terminamos o jogo sem dar um único chute ao gol. A impressão era que o São Paulo andava de Fusca e o Corinthians de Ferrari.

O árbitro teve interferência? Teve. O segundo gol foi um absurdo de irregular. Mas não foi por isso que o time perdeu. Foi por falta total de competência, objetividade e vontade.

Kardec é lento em demasia e não terá lugar no time titular. Maicon pode ser bom para alguns momentos, não para começar jogando. Michel Bastos não pode ser lateral esquerdo. E o time tem que jogar para frente, tem que chutar em gol.

Nada está perdido, afinal foi só o primeiro jogo de uma série de seis  neste grupo. E a derrota foi fora de casa. Mas ou Muricy encontra logo um time e um padrão tático ou vamos ficar na primeira fase da Libertadores.

E vou acrescentar mais uma coisa: ou a diretoria entra em acordo e faz um discurso único, ou vamos mergulhar num abismo sem fim. Carlos Miguel Aidar pressionou Muricy em hora errada, como sempre, e gerou uma crise interna no elenco. Foi preciso o vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro aparecer para apagar o fogo. E outras coisas mais que aos poucos vou detalhar, para mostrar como está deteriorado o ambiente no clube, tendo como protagonista  principal o presidente.

E para encerrar: não sou parte do “fora Muricy”, porque para colocar alguém em seu lugar teria que ser o Cuca, e ele não virá.

23 comentários em “O São Paulo viu o Corinthians jogar

  1. Enquanto essa torcida mediocre ficar idolatrando ídolos que não rendem mais nada, como esse TREINEIRO, não ganharemos mais nada.
    Só para lembrar, fazem 7 anos que o SPFC não ganha um título de expressão, e em 10 anos só ganhou um mata-mata com o Ney Franco.
    Enquanto isso, times como os Gayvotas, Cruzeiro e Atlético se renovaram, trouxeram técnicos modernos e estão ganhando tudo.
    Mas para alguns torcedores de técnico, o importante não é ver seu time campeão e sim ter o amado no time, para elas poderam gritar: É BURRICY! ao invés de gritar SÃO PAULO CAMPEÃO!

  2. se Tite dá padrão tático em um mês pro time e Muricy não dá em um ano e meio, Muricy tem sim que ir embora, me desculpe. Marcelo Oliveira deu padrão pro Cruzeiro, Celso Roth(que não gosto) tem padrão tático, Luxemburgo tem. Todos tem.
    Muricy não tem humildade para assumir a culpa e começar a fazer algo que não gosta: TREINAR TATICAMENTE, é só rachão. Futebol dos anos 80.
    Acabou a fase de aqui é trabalho meu filho. Todos os outros trabalham. você tem é que estudar e melhorar Muricy!

  3. Se o jogo tivesse sido em Manizales teriamos perdido ainda pior.
    Da forma que esta’, ganharemos como ganhamos em Braganca,
    ainda que era o time considerado reserva, mas jogou muito mais bola
    e tenho certeza se fosse aquele time ontem, de reservas pelo menos na’o teriamos
    passado tanta vergonha.
    Acorda, Murici e comissa’o tecnica.

  4. Muricy errou na escalacao, e e um dos culpados sim. Mas nao e o unico e nem o maior, ou vcs acham que ele e quem nao acompanhou o Elias no gol logo no comeco, ou que era ele que nao ganhou uma dividida? Jogar nas costas so do tecnico e facil e mania da maioria. Todos tem culpa, todos.

    • na’o teria sido melhor 3 zagueiros, ja que 2 todos sabiamos que seria fatal.
      Na’o arriscou nem uma trukada.
      Treinar todos sabemos se especializou em futvolei, rachoes e biribol.
      Um dia li sobre os treinamentos de um tecnico primeira linha europeu,
      como aconteciam, ele simplesmente disse coletivos, coletivos, coletivos
      ali organizo tudo do meu jeito, e’ o que fazem aprendem jogando e eu
      os posicionando quando quero. FIM, e’ dificil, acho que sim, pois estamos
      una mierda.

  5. Divido o comentário em duas partes:
    1. Muricy, o responsável – estamos desde o ano passado sabendo que teríamos o jogo de ontem, e que esse jogo nos daria uma ideia do que seria a Libertadores para nós. O time não foi preparado para o jogo. O time que saiu jogando nunca jogou junto. Parece não ter estudado o adversário, que ao contrário, neutralizou facilmente o time do SPFC. Encostaram o Ralf no Ganso, tiraram o passe do Maicon, encostaram o Gil no Luis Fabiano e acabou. Ah, o Michel Bastos o próprio Muricy deu conta de marcar, o colocando na lateral. Ninguém pegou o Elias, o Sheik e Danilo. Assistimos o time adversário jogar… 2×0 foi pouco… Faltou raça e preparo físico(e isso já faz tempo) também. Enquanto um time jogava como se fosse decisão o outro jogava como qualquer jogo ou treino. Muricy, que não é adpto a motivar os jogadores, precisa entender que existem jogos que a equipe precisa ter o espirito diferente e isso não vemos faz tempo no SPFC. Resumindo, foi um desastre.
    2. Ele não é o único culpado – Apesar da culpa do treinador, não o vejo como o único responsável. Falta ao departamento de futebol uma maior integração. Unidade… Isso vem desde o presidente até o roupeiro. Não adianta cobrar somente resultados e principalmente pela imprensa. É preciso cobrar no dia a dia. Estar mais presente. Se por um lado o diretor de futebol blinda o futebol dos problemas políticos, deixa a desejar na participação no cotidiano da equipe. Não adianta contratar e jogar tudo nas mãos do treinador. Acompanhamento, debate, cobrança, motivação, “pitacos”, fazem parte dessa função. Vejo Muricy isolado e dessa forma acredito que o seu trabalho não dará resultados.

    Precisamos mudar de atitude, ou nem da primeira fase passaremos…

    • tambem acho que o esquema tatico,indifere no jogo,oque mais preocupa e a falta de coletividade desse time,e tambem a inssistencia em alguns nomes mesmo eles estando muito mal nos jogos(ganso,bruno,kardec)

  6. Fizeram mesmo o que treinam, rachao, rachao, rachao,
    so’ que nos rachoes e mais pegado.
    Deveria entrar no 3 5 2, preferiu o 4 4 2 sem nunca ter jogado juntos
    Doria e Toloy acho que nem em treinos, a na’o ser futvolei.
    Jogadores lentos tipo Maicon, Kardek, Ganso e o amarel’ao do Lf,
    que nunca aparece
    quando precisamos, povoaram o meio.
    Alas, Bruno uma nulidade so’ e Bastos deslocado, Boschila ou mesmo
    tiririca iria mesmo bem por ali, nem me falem no outro av. laranjeiras.
    Nada esta mesmo perdido, e’ claro que na’o, mas tem muita coisa errada
    devido ao sistema de jogo tatico e variacoes na’o existirem,
    escapamos de levar uma sacola em Santos, quando foram avaliar o Evandro,
    ???? quem na’o sabe do que esse jr e’ capaz ????
    Ontem seria um xokolate se esses travekos fossesm um pouquinho mellhores.
    Murici, tem culpa e muita ele e toda comissa’o tecnica inoperante e conivente.
    Aidar tem mesmo que cobrar e’ um baita time a disposicao desse trenero
    que vive de glorias do passado e se tornou um bom trenero de biribol, futvolei
    e rachoes, afinal ele e’ o presidente da cia e nos somos torcedores
    de poltrona, porem, na’o somos idiotas a ponto de concordar com todas
    as cagadas que esses karas que se dizem profissionais fazem.
    Enfim, mais uma vez levantamos refugos como o do segundo gol de ontem,
    que ontem saiu mesmo por cima pela falta de visa’o do nosso trenero.
    Contra o Danubio que se cuidem, mesmo em casa na’o se esquecem sa’o
    da terra do Forlam, Lugano, Don Pedrito e do grande Palito.
    Antes quem me esqueca que toda comissa’o tecnica inclusive seu chefe
    que revisem seus erros, ao menos e tentem conserta-los,
    senao quiserem rodar, ja’.
    Estou com Aidar.
    Bruno, ta certo que foi falta mas voce cai quando o vento assopra,
    deveria ter ficado no rio, mostrou ser uma aberraco,
    que saudade do Pereira, sr Murici.

  7. Tenho o maior respeito e gratidão pelo Muricy. Apenas acho que nem ele tem mais a mesma motivação. Ele já teve problemas de saúde significativos e tem dinheiro o bastante pra passar o resto da vida como um rei e deve aproveitar essa vida. Precisamos de um novo treinador com urgência e que seja taticamente mais estudioso. Obrigado, Muricy! Agora precisamos renovar a comissão e ontem foi a prova disso.

  8. Se em mais de um ano o especialista não conseguiu dar padrão tático à equipe, não será em uma semana que o fará. Não sei se o ambiente no clube está deteriorado, mas o futebol sim, este anda deterioradíssimo. Diria eu, praticamente podre.

    • Alias, Mauricio, na’o e’ so’ o futebol que ta deteriorado, tudo infelizmente tudo.
      Nossa educaca’o alcanca no ranking um numero aproximado do centesimo
      no mundo, pra no’s normal, mas quando no futebor somos quase o decimo
      ai nos puteamos. E’ isso que somos.

  9. Se mudar o time a toda partida,sem repetir o máximo de jogadores que puder e o esquema,vamos ficar perdidos em campo,como ontem,ngm fez nada,o time entrou para passear,isso é inadmissível…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.