Veja quais foram os jogos-chave do São Paulo na opinião de Diniz

O técnico Fernando Diniz, do São Paulo, elegeu quais partidas foram fundamentais para o time desde a sua contratação, em setembro de 2019.

Fernando Diniz apontou os jogos contra Flamengo (Maracanã), Santos (Vila Belmiro), Internacional (Morumbi), em 2019, e LDU (Morumbi), em 2020, como importantes por diferentes motivos, em entrevista à rádio “Transamérica”.

– A primeira é contra o Flamengo (estreia de Fernando Diniz). Fizemos só um treino. Mas nos mobilizamos para fazer o jogo lá que era possível e fizemos quase à perfeição, segundo os elementos que tínhamos no momento. Nos superamos. Houve uma coesão forte e ali mostrou o tanto que o time era forte. Aquele jogo para mim foi muito simbólico. Jogou fora da característica que o time joga hoje, de como gosto de botar o time para jogar. Mostrou que era um time de coragem, fibra e as pessoas se gostam. Era um sinal positivo de que a gente ia andar junto – disse Fernando Diniz.

Santos 1 x 1 São Paulo – Vila Belmiro – 16/11/2019
– Depois, no meio, teve um jogo com o Santos na Vila Belmiro. Considero o Santos no ano passado como o time mais difícil de enfrentar fora de casa. É só ver os resultados que o Santos teve dentro da Vila Belmiro. O jogo foi 1 a 1, mas o São Paulo se impôs diante do Santos de uma maneira muito clara do primeiro ao último minuto – disse Fernando Diniz.

– No segundo tempo fomos mais enfáticos em relação a isso. Tivemos mais posse de bola no ataque e criamos mais situações de gol. Mas nossa ideia de jogo prevaleceu desde o primeiro momento. Então foi um jogo bastante simbólico, porque era o time brasileiro muito duro de se jogar contra, junto com Flamengo e Grêmio. Mas o Santos, pela maneira como Sampaoli conduziu o trabalho dele, achava muito difícil de ser batido na Vila. Embora tenha sido empate, tivemos mais chances de ganhar do que o Santos –completou o treinador.

São Paulo 2 x 1 Internacional – Morumbi – 4/12/2019

– E o jogo do Inter. Estávamos muito pressionados. Tinha de ganhar para classificar direto para a Libertadores. A equipe fez uma partida muito segura. O resultado não disse qual foi a história do jogo. Poderíamos ter vencido com mais facilidade: 2 a 1 não foi o placar que correspondeu ao que aconteceu no jogo – disse Fernando Diniz.

+ Leia mais notícias do São Paulo

São Paulo 3 x 0 LDU – Morumbi – 11/03/2020

– De padrão, embora tenham muitos jogos bons, o jogo da LDU. Por alguns motivos. O time colocou um ritmo muito alucinante. Também era um jogo em que estávamos muito pressionados por causa da estreia com derrota (para o Binacional) e por a LDU ter vencido. Sabíamos que a chance de o River vencer o Binacional era grande. Então estávamos muito pressionados para ganhar. O time se comportou de maneira muito singular. Foi o primeiro jogo em que o adversário não teve nenhuma chance clara de gol, em quase 100 minutos, sendo que a LDU, na minha opinião, é um grande time e que vai lutar pela vaga até o final. Não sabemos de fato quais serão os dois times que vão classificar –disse Fernando Diniz.

– O time se impôs muito contra a LDU. Em determinado momento do primeiro tempo, o time baixou as linhas e soube se defender. Não era o nosso padrão, mas achei que se subisse a linha de forma desorganizada poderia ficar vulnerável. Ajustamos no intervalo. No segundo tempo fizemos uma partida muito boa. Fizemos gol, mantivemos a linha mais adiantada, recuperamos muita a bola e jogamos bem desde trás. Criamos chances até o fim. Então acho que é a referência maior. Não só por isso, mas além de jogar bem conseguimos um resultado expressivo. A partida que mais mostra o caminho a seguir é a partida diante da LDU.

 

Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.