Tchê Tchê pede desculpa por expulsão, mas ignora atrito com Diniz

O meia Tchê Tchê usou uma rede social para pedir desculpas à torcida do São Paulo por ter sido expulso na goleada sofrida para o Bragantino, por 4 a 2, na última quarta-feira, em jogo do Campeonato Brasileiro.

Na mensagem, porém, o jogador ignorou a discussão com o técnico Fernando Diniz, que o chamou de “ingrato” e “mascaradinho” no primeiro tempo da partida. Em coletiva, o treinador falou pouco sobre o episódio e disse que ele seria resolvido “internamente”.

Tchê Tchê foi expulso no segundo tempo ao acertar uma cotovelada em Cuello. O cartão vermelho foi dado após revisão do lance pelo VAR.

Foi só a segunda expulsão de um atleta do São Paulo na temporada. A primeira foi no jogo passado, contra o Grêmio, pela Copa do Brasil, quando Tréllez tomou cartão vermelho por reclamar com o árbitro após a eliminação.

– Infelizmente, ontem não foi um dia bom para nossa equipe. Perdemos uma partida importante, mas seguiremos lutando e dando a vida pra buscar esse título brasileiro. Queria pedir desculpas aqui aos torcedores, algo que já fiz com meus companheiros, pela expulsão. Me deixou muito triste por não poder mais ajudar em campo, mas serve de reflexão e amadurecimento. No meu histórico de quase dez anos de carreira, só tenho duas expulsões e isso mostra que não é uma atitude que faz parte de mim. Fico feliz pelo gol, que me motiva a seguir evoluindo, em busca de absorver as coisas boas e ir atrás dos nossos objetivos. Vamos à luta!

 

Fonte: Globo  Esporte

Um comentário em “Tchê Tchê pede desculpa por expulsão, mas ignora atrito com Diniz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.