Sem Libertadores, São Paulo e Santos ganham fôlego para escalar titulares

São Paulo e Santos se enfrentam neste sábado, na busca de confirmar a primeira colocação de seus respectivos grupos no Campeonato Paulista. Com o cancelamento de jogos da Copa Libertadores. em virtude do coronavírus, Fernando Diniz e Jesualdo Ferreira não têm mais qualquer desculpa para poupar titulares no jogo.

Antes mesmo das mudanças de calendário, o treinador do Peixe foi perguntado se pouparia seus atletas no San-São. Jesualdo repassou a pergunta para o zagueiro Luan Peres.

“Ninguém quer, ainda mais se tratando de um clássico”, pontuou o zagueiro depois da vitória contra o Delfín, na terça-feira.

Em seguida, o treinador português brincou que teria “problemas”, mas deixou no ar que deve utilizar boa parte do time titular no sábado.

“Portanto, se quiser, são dez problemas para mim. Vamos resolvê-los da forma que eu acho que é melhor para os jogadores e a equipe. Não vou projetar o jogo da Libertadores antes deste jogo. É um jogo que tem características especiais, um clássico, todos querem jogar. Vou resolver da forma que achar que é melhor para equipe enfrentar o são Paulo, e discutir o jogo para ganha-lo. Quando acabar o jogo vamos ver como estamos para o seguinte”, analisou.

Do outro lado do clássico, Fernando Diniz também deu mostras que não mandaria um time todo reserva, como fez contra o Botafogo-SP, depois da estreia na Libertadores contra o Binacional na altitude de 3.800 metros em Juliaca.

“A gente vai ver, mas a intenção não era de poupar. Muito diferente de Juliaca, pelo cansaço. A gente ia jogar em Ribeirão, quente, então a estratégia foi a melhor. Agora o jogo é em casa, é diferente. Eu gostei da equipe, jogou muito bem contra uma boa equipe. A gente tem que gostar de jogar como hoje”

Dessa forma, as duas equipes podem disputar o San-São com força máxima no Morumbi. A bola rola às 19h (de Brasília) na casa são-paulina. O Tricolor é o líder do Grupo C com 15 pontos. Com a mesma pontuação, o Santos lidera o Grupo A.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.