Sem Diniz, São Paulo tenta manter evolução em estreia da Libertadores

O São Paulo estreia na Copa Libertadores na próxima quinta-feira, às 21h (de Brasília), contra o Binacional, no Peru. Dono da terceira melhor campanha geral do Paulistão e líder isolado do seu grupo, com 15 pontos, o Tricolor tentará manter a notória evolução, desta vez sem Fernando Diniz no banco de reservas.

O comandante tricolor terá de cumprir suspensão automática pelo fato de o Fluminense, sua antiga equipe, ter atrasado em dois minutos o retorno ao gramado na Copa Sul-Americana. Como foi demitido antes do confronto com o Corinthians, válido pelas quartas de final da competição, a punição só será colocada em prática contra o Binacional.

Desta forma, a tendência é que Márcio Araújo, auxiliar técnico de Fernando Diniz, fique à beira do campo na próxima quinta-feira. E a presença de um novo profissional no banco de reservas tricolor pode até ser minimizada pelo elenco, mas não ignorada.

“Muda um pouco, até porque o Márcio [Araújo] é um pouco mais tranquilo. Então, vamos sentir falta um pouco das cobranças dele ali na beira do campo, mas o time está muito bem treinado, estamos evoluindo. O time sabe o que tem que fazer dentro de campo, está ciente do que é preciso para conquistar a vitória”, afirmou Bruno Alves.

Apesar da ausência de Fernando Diniz no jogo mais importante do São Paulo até aqui, a expectativa é de que o time continue rendendo o futebol apresentado nas últimas rodadas do Paulistão. Internamente, a avaliação do comandante tricolor é cada vez mais positiva e tem se tornado unanimidade na alta cúpula do clube.

“Talvez pelo tempo, pelas condições, os outros treinadores não conseguiram implantar a filosofia que queriam. Acredito que com o Diniz essa filosofia vem melhorando. Na minha opinião, foi importantíssima a permanência dele, do elenco, e a gente vem colhendo os frutos. A filosofia do Diniz é eficiente, ele quer ver um futebol que ele acredita e que pode dar resultados. A gente acredita nisso junto com ele para conquistar os títulos que todos nós desejamos”, concluiu o zagueiro são-paulino.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.