São Paulo recusa proposta do Boavista, de Portugal, por Toró

O São Paulo recusou uma proposta pelo atacante Toró. O Boavista, de Portugal, ofereceu 200 mil euros (cerca de R$ 1,3 milhão) pelo empréstimo de um ano, com opção de compra fixada em 4 milhões de euros (cerca de R$ 26 milhões).

O jogador foi pouco utilizado nesta temporada por Fernando Diniz, mas a comissão técnica pretende dar mais chances a Toró durante o Campeonato Paulista e, por isso, quer a permanência do jovem de 21 anos.

Apesar disso, o Boavista ainda não desistiu de contratar Toró e pode fazer novas investidas durante a janela de transferências. O atacante está afastado dos treinos e jogos após testar positivo para Covid-19.

O Bétis, da Espanha, é outro clube de olho em Toró. Embora ainda não tenha feito nenhuma proposta formal, os espanhóis já demonstraram interesse e seguem os passos do atleta.

Consolidado nos profissionais do São Paulo em 2019, Toró quase foi emprestado para a Chapecoense no início daquele ano. Cuca, então treinador da equipe, pediu sua permanência e ele passou a ter mais minutos em campo.

Com o bom momento dos atacantes Brenner e Luciano em 2020, porém, Toró disputou apenas 18 jogos e fez um gol.

 

Fonte: Globo Esporte

4 comentários em “São Paulo recusa proposta do Boavista, de Portugal, por Toró

  1. Oferta ridícula. O clube recebeu mais do que essa “opção de compra” por 50% dos direitos do Lucas Fernandes.

    E por que o SPFC se comprometeria a emprestar para testes e depois vender por valor tão baixo? Ou paga barato sem ver ou paga o valor justo depois de testar. Não existe isso de testar e reservar o valor com desconto.

  2. Dá pra segurar o Toro pelo menos até o meio do ano e valorizar um pouco mais. O menino está longe de ser um craque, mas vale mais do que esse time de Portugal ofereceu.

  3. Como disse vão vender pelo menos 2 , um deles Brenner e outro apareceu é o Toró, só aparecer quem pague.

    E hj vi um notícia que Rogério Ceni já dançou só dirige até o jogo do Goiás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.