São Paulo recebe o Binacional-PER para garantir vaga na Sul-Americana

O jogo desta terça-feira será atípico. Afinal, além de não contar com torcedores e a atmosfera típica de confrontos de Libertadores, o São Paulo já está eliminado da competição. De qualquer maneira, o Tricolor entrará em campo às 21h30 para enfrentar o Binacional-PER, na rodada que fecha a fase de grupos do torneio.

Apesar de já não ter chances matemáticas de avançar às oitavas de final da Libertadores, o jogo tem outra importância para o São Paulo. Isso porque a equipe ainda não tem sua vaga na Sul-Americana assegurada e, para evitar uma grande tragédia, precisa ao menos empatar contra os peruanos.

Depois de cinco partidas disputadas pelo grupo D da Libertadores, o São Paulo ocupa a terceira colocação, com quatro pontos somados, enquanto o Binacional está na lanterna, com três pontos. Para garantir a vaga na Sul-Americana, o Tricolor precisa se manter na terceira posição, necessitando de apenas um empate nesta terça.

Para o duelo que encerra a participação do Tricolor na Libertadores de 2020, a principal dúvida gira em torno da escalação que Fernando Diniz mandará a campo. Sem pretensões na competição, o treinador pode poupar alguns dos mais importantes jogadores, já que no domingo que vem terá o jogo de volta contra o Fortaleza pela Copa do Brasil.

Após o empate com o Grêmio, no último sábado, Diniz evitou projetar qual será a escalação utilizada nesta terça. Os desfalques certos para a partida são Juanfran e Igor Vinícius, que se recuperam de um estiramento no joelho esquerdo e uma contratura muscular na coxa esquerda, respectivamente. Além da dupla, Luciano não treinou na tarde desta segunda-feira por conta de um desconforto na coxa direita e também deve ficar de fora da partida.

“As competições são todas importantes. Claro que a Copa do Brasil, principalmente para o clube, é uma conquista inédita e tem um peso diferente. Mas independentemente do time que colocar para jogar na terça-feira, se vai jogar todo mundo. Não definimos nada: se vai jogar metade do time, se vai trocar todo mundo. Vai ser o melhor time que a gente achar para fazer uma boa partida e ganhar o jogo contra o Binacional”, afirmou Diniz.

O Binacional quer surpreender o São Paulo novamente, já que os únicos três pontos somados pelos peruanos foram sobre o clube do Morumbi. Além disso, foi contra o Tricolor que o time de Juliaca marcou os seus dois tentos na competição. O saldo de gols da equipe na Libertadores é de -18.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X BINACIONAL-PER

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 20 de outubro de 2020, terça-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Facundo Tello (ARG)
Assistentes: Juan Belatti e Pablo Gonzalez (ARG)

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Tchê Tchê, Diego Costa (Leo), Bruno Alves, Reinaldo; Luan, Gabriel Sara, Daniel Alves (Vitor Bueno), Igor Gomes; Brenner (Paulinho Boia) e Pablo.
Técnico: Fernando Diniz

BINACIONAL: Raul Fernández; Angles, Fajardo, Mancilla, Reyes; Labrin, Tello, Ángel Pérez, Roque Guachire, Leudo e Gularte.
Técnico: Javier Arce

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.