São Paulo propõe contrato até dezembro para Diego Aguirre

Responsável pela tomada de importantes decisões no dia a dia do São Paulo, Ricardo Rocha – coordenador de futebol do clube do Morumbi – deve ganhar um novo parceiro de trabalho nos próximos dias: o uruguaio Diego Aguirre, que já está no Brasil para resolver as últimas pendências contratuais e assinar com o Tricolor. Em entrevista rápida ao LANCE!, o cartola revelou que o contrato do novo treinador, seja ele quem for, irá apenas até dezembro deste ano.

– Se vier o Aguirre, coisa que a gente ainda não sabe, o contrato dele vai até dezembro, ele não está esperando uma seleção. A gente vai aguardar. Ainda não é o Aguirre, mas qualquer treinador que vir ficará até dezembro, disse Ricardo Rocha em evento realizado pela Adidas, no Sambódromo do Anhembi, na noite do último sábado (10).

Depois de perder Juan Carlos Osorio para a seleção mexicana e, na sequência, ver o argentino Edgardo Bauza deixar o Morumbi para ir treinar a seleção de seu país, o São Paulo procura formas de se proteger do assédio estrangeiro e manter o planejamento traçado pela diretoria no início da temporada.

O uruguaio Diego Aguirre, nome mais cotado para assumir o Tricolor, deve ter seu nome atrelado à seleção de seu país-natal após a Copa do Mundo da Rússia, em junho e julho deste ano. Especula-se que após o Mundial, Óscar Tabárez, treinador da Celeste desde 2006, deixe o cargo.

O próprio Aguirre já manifestou publicamente seu desejo de comandar a seleção uruguaia. Em entrevista para o Diário As, da Espanha, na edição do dia 26 de janeiro deste ano, o treinador falou que seria difícil recusar um convite para assumir a posição de treinador do Uruguai.

– Cuido-me muito quando me perguntam isto. Tenho um grande respeito ao maestro (Óscar Tabárez). O tempo o marcará. Se surgir a possibilidade, estarei encantado. É difícil dizer não à seleção, confessou.

 

Fonte: Lance

12 comentários em “São Paulo propõe contrato até dezembro para Diego Aguirre

  1. Respeito a opinião dos demais mas discordo em relação ao elenco, não acho tão fraco assim, temos alguns garotos da base que podem mesclar bem com os demais.
    Existem N clubes que vão disputar o Brasileiro e o elenco é muito inferior ao nosso, assim como existem alguns poucos superiores ao nosso, que dá para contar nos dedos de uma mão.

    Vejo que a contratação de Diego Aguirre mostra a busca de um novo caminho, saindo daquele círculo vicioso – Filipão-Cuca- Dunga- Abel- Mano- Tite- Osvaldo Oliveira – Roth….

    Se Diego Aguirre conseguir dar padrão a este time vai ficar provado que a ineficiência era de Dorival Jr. com a busca do lateral direito, um jogador de beirada e blá,blá ,blá… num futebol que caminha para a polivalência e não pela especialidade.

    Tenho várias críticas ao Leco, e como presidente do clube, é o primeiro que “apanha”, mas devo dizer que acredito realmente na sua confiança em Raí e nessa comissão técnica.
    Da mesma forma que também acredito nela, onde o ponto principal é resgatar um estilo de gestão no futebol profissional.

    Infelizmente esse ano vai ser de construção das bases, pois não temos um mecenas como as pepas e nem a eficiência gestora de futebol das galinhas. Acho importante traçar e acreditar nesse projeto como me parece que está ocorrendo por parte dessa direção de futebol. O futuro dirá quem está certo.

  2. Dois irmãos vão pra guerra; um volta herói; o outro, doente da cabeça.
    Abrem duas lojas de roupa na mesma rua; uma fecha antes de 01 ano; a outra transforma-se num grande negócio.
    Qual a lógica e o que isto tem a ver com as trocas de técnicos?
    A meu ver um treinador pode ver uma qualidade em um determinado jogador para determinada função em campo que o outro não viu. Cada treinador tem um dinâmica para montar seu time que pode trazer benefícios ao aproveitar nomes diferentes do elenco ou, até, manter os mesmos nomes só que fazendo coisas diferentes. Por isso é que a contratação do Aguirre não me parece, de todo, ruim. Principalmente, porque vem dentro de um contexto que, segundo os dirigentes, é um contexto planejado. E volto a afirmar: com o elenco atual do tricolor, se o Aguirre for um treinador mediano – coisa que os últimos tantos treneros que estiveram à frente do time não eram, ele vai alcançar algum sucesso na empreitada. Não há como esperar dele conquista de títulos neste ano. Uma classificação para a Libertadores já estará de bom tamanho. Só para lembrar, o Guardiola, no City, não foi lá essas coisas na primeira temporada, mesmo gastando os tubos contratando jogadores. Entretanto nesta segunda temporada corre o risco de ganhar quase tudo que está disputando. É isso: se nos parecer um bom trabalho, aí, sim, devemos dar anos a um treinador!!!

  3. Corinthians em 2008 /2009 teve Mano.

    2010 -2013 Tite

    2014 Mano.

    2015 /2016 Tite – ponto fora da curva foi Cristovão Borges e Osvaldo de Oliveira , depois retomaram o rumo com Fabio Carille.

    Ai esta o segredo do sucesso…. e o São Paulo de 2009 a 2018 com relação a técnicos??

  4. Uns anos atrás um comentarista da ESPN apresentou um estudo de uma universidade sobre troca de treinadores, a conclusão é obvia, num primeiro momento tem uma melhora de produtividade pq todo mundo quer mostrar serviço pro chefe e provar que pode ser o jogador de confiança, mas a médio e longo prazo, na maioria esmagadora das vezes, os resultados são exatamente os mesmos do treinador anterior.

    Qual foi o aproveitamento do Ceni? Qual foi o aproveitamento do Dorival? Exatamente IDÊNTICOS, os dois com pouquinho mais de 50%. O problema não era o Ceni? Quando demitirem o Aguirre, comparem novamente o aproveitamento, aposto qualquer valor que será o mesmo também.

    Eu não trocaria o Dorival, não por concordar ou discordar do trabalho, mas pq não muda nada, isso só mascarou o problema real, esse elenco é uma PORCARIA, o ataque é ridículo, não fura defesa de ninguém, não tem 1 único driblador. A diretoria vai ganhar um pouquinho de paz com o velho argumento de “deixa ele trabalhar, ta muito cedo ainda para analisar o trabalho”, e nisso vai embora 3 meses, quando verem que o elenco é uma bosta mesmo e o problema não era o treinador, aí já era, o carro todo atolado de novo.

      • É o que eu sempre digo, Cleirison, treinador é superestimado demais, não existe mágico. Quem joga bola e resolve o jogo são os jogadores, coloca o Guardiola num timinho para ver o que ele faz, se me der 1 bilhão para montar um time como deram a ele, eu tbm ganho tudo. Enquanto não investir no time a coisa não anda de forma nenhuma.

    • Somos 3 com esse mesmo pensamento. O Leco precisa renunciar, não da pra acreditar que ele vai preferir rebaixar o clube a passar o cargo a alguém que possa tentar algo diferente.
      Os próximos a cair são os 3 da diretoria de futebol. Vão cair antes do novo treinador, seja ele quem for. O Dorival indicou as peças para um elenco mais equilibrado, mas os amadores preferiram sua própria opinião a ouvir o profissional, assim não tem como dar certo.

      • Pois é Raphael, e o que temos hoje é um elenco fraco de desequilibrado!!!!

        O Pinotti foi im PÉSSIMO administrador, mas seu erro foi trazer jogadores fracos mas sempre com as características sugeridas pelo treinador!!!

        O Sr Confiem em mim além de fraco ainda faz a coisas ao Bel prazer assim fica difícil!!!!

        Ele está conseguindo ser pior que o Pinotti!!!

  5. Acho que eu fui um dos primeiros a criticar o Sr Confiem em mim…

    Fui chamado até de “Pseudo torcedor”.

    Agora que não tem mais o Dorival Jr pra colocar a culma fica claro e evidente a incompetência do DIRETOR!!!!

    Como ele pede pra confiar nele se nem ele confia no planejamento que ele mesmo fez????

    Como que ele vai atrás de um treinador sabendo da possibilidade de ele ir para sua seleção????

    Pra quem não sabe o Sr. Óscar Tabáres tem sérios problemas de saúde… Está claro que após a copa ele vai deixar a Celeste…

    Eu sou contra esse aguirre e ainda essa história de Seleção denovo?????

    Está Claro que Juan Finger e Lugano estão pensando no país deles!!!! Colocando o Aguirre no mercado pra facilitar sua contratação pela seleção!!!!

    O SPFC virou um balcão de negócios de Administrador fajuto!!!!!

    Nunca pedi isso, mas vc que é torcedor tem que ir contra essa canalhada dessa diretoria nefasta!!!!!!

    Não importa o treinador só não ppdemos ser um balcão de negócios!!!!!

  6. Até Dezembro porque é mais fácil se precisar demitir depois , isso mostra o quanto a diretoria confia nos técnicos que contratam… São Paulo vai de mal a pior. Rai e Ricardo Rocha são dois fracassos como dirigentes.

    • Discordo de você, Luiz Guilherme, quanto ao fato de que, por proporem um contrato só até dezembro seja por desconfiança no trabalho do treinador. Contratos, quando de interesse das partes, podem ser renovados, prorrogados. Talvez o curto período seja por interesse de ambas as partes – o Aguirre está de olho no cargo de treinador da seleção de seu país e o S.Paulo parece estar apostando no Jardine para um futuro próximo. Assim, pelo andar que a carruagem tomar, não haverá pra ninguém multas ou traumas que, normalmente, acarretam os distratos. Agora, caso haja sucesso no trabalho do treinador por aqui e todos estejam felizes, simplesmente se renova o período!!!

      • Paulo, o SPFC está fazendo uma cópia bem mal feita do que o Curintia fez com Carile!!!

        O treinador deles ficou OITO anos como assistente, e quando entrou conhecia todo elenco e a forma de jogar de todos jogadores!!!!

        Agora querem colocar o Jardine (a quem acho competente) OITO meses junto com o Aguerre pra depois assumir????

        E se o time não andar nesse período????

        O Sr Confiem em mim está acabando com o SPFC até o porteiro faria uma administração melhor!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.