São Paulo fecha treino antes do clássico contra o Santos

O São Paulo decidiu fechar o treino desta sexta-feira, no CT da Barra Funda, para imprensa e convidados, como medida de prevenção contra o coronavírus. A atividade teria 15 minutos liberados para registros, mas agora será completamente fechada.

Nesta sexta-feira, o São Paulo foi informado pela manhã de que o clássico com o Santos, neste sábado, às 19h, no Morumbi, será realizado com portões fechados. O Peixe confirmou a informação pouco depois. FPF e a CBF confirmaram por meio de notas oficiais que os jogos nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro não terão público.

No twitter, o coordenador das categorias de base do São Paulo, Pedro Smania, informou que as avaliações de atletas no CT de Cotia estão suspensas nas próximas duas semanas.

Informamos que as avaliações de atletas das próximas 2 semanas no CFA Presidente Laudo Natel – Cotia estão suspensas e novas datas serão marcadas.

Nesta sexta-feira, o Ministério da Saúde recomendou que grandes eventos sejam cancelados ou adiados.

Na última quinta-feira, a Conmebol anunciou a suspensão da próxima rodada da Copa Libertadores. Por causa disso, o São Paulo também interrompeu a venda de ingressos para o jogo contra o River Plate, na próxima terça-feira, no Morumbi.

A intenção do técnico Fernando Diniz é usar força máxima no clássico. O principal desfalque do jogo é Tiago Volpi, com uma pequena fratura na mão direita. Lucas Perri é o substituto. Existe a chance de Vitor Bueno ser poupado, pois ele se recuperou de lesão no tornozelo e jogou com dores contra a LDU. Nesse caso, Pablo poderia entrar no time.

Um provável São Paulo é o seguinte: Lucas Perri, Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Igor Gomes; Vítor Bueno (Pablo), Antony e Alexandre Pato.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.