São Paulo envia documentação para liberar retorno de Carneiro ao Brasil

O São Paulo espera ter Gonzalo Carneiro a partir de sábado no Brasil. Ele não se reapresentou com o grupo nesta terça-feira, no CT da Barra Funda, pois cumpriu o período de quarentena no Uruguai, seu país natal.

No último domingo, o governo federal prorrogou por mais 15 dias a restrição na entrada de estrangeiros ao Brasil por via aérea, rodovias e transporte aquaviário.

Dessa maneira, o São Paulo enviou documentação para comprovar seu vínculo de trabalho com o clube no intuito de liberar a viagem de Gonzalo Carneiro neste sábado. O jogador fez o teste de Covid-19 no Uruguai.

O atacante será reintegrado ao grupo do técnico Fernando Diniz, após cumprir suspensão de um ano por doping, e será observado pelo treinador.

Em situação parecida a de Gonzalo Carneiro está Galeano. O atacante do sub-20 do São Paulo cumpre o período de quarentena no Paraguai, seu país natal.

Diante da restrição na entrada de estrangeiros pelos próximos dias, o jogador foi orientado pelo São Paulo a permanecer no país. Isso porque, diferentemente do futebol profissional, a categoria de base não retomou os trabalhos presenciais no CT de Cotia. Não há previsão de retorno das competições no país.

Na base, os treinos físicos são orientados por meio da internet, e as atividades técnicas e táticas estão sendo teóricas. Os garotos também têm acompanhamento psicológico e um supervisor pedagógico do São Paulo monitora com uma escola de Cotia se os atletas estão assistindo às aulas.

Galeano está emprestado pelo Rubio Ñu ao São Paulo até dezembro e é bem avaliado pelos profissionais do CT da Barra Funda. A opção de compra está fixada em 600 mil dólares (cerca de R$ 3 milhões na cotação atual) por 60% dos direitos econômicos, com prazo até o fim do ano.

Gonzalo Carneiro, por sua vez, tem contrato até março de 2021.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.