São Paulo consulta Inter sobre reunião de Conselho online

O São Paulo buscou informações com o Internacional a respeito da reunião de Conselho Deliberativo virtual que aprovou as contas do clube gaúcho de 2019.

A votação online com apenas a presença dos membros da mesa diretiva do Conselho no auditório do clube foi a solução do Colorado em meio à pandemia do Covid-19.

A reunião por videoconferência aplicada no Colorado foi motivo de conversa entre os presidentes do Conselho Deliberativo do São Paulo, Marcelo Abranches Pupo Barboza, e do Inter, José Aquino Flores. Pupo também pretende conversar com integrantes do Conselho de outros clubes para avaliar mais possibilidades de solução durante a pandemia.

– Uma ideia inovadora. Para o Inter resolveu bem o problema deles. O retorno que tivemos foi que deu certo e de uma experiência de muito sucesso. Tem muita coisa que pode ser aplicada a outros clubes e tem situações individualizadas do Inter, mas é uma experiência boa e inovadora – disse o presidente do Conselho tricolor.

– Acho uma experiência inovadora. Apesar disso, requer cuidados sobre a legalidade desses atos. Há diferença entre os clubes a ser analisada. Cada clube tem sua peculiaridade. Tem de estudar os caminhos. Por isso conversamos com os clubes para ver como cada um se comporta e para pensar como está agindo em relação ao São Paulo, com suas características. Pode ter coisas boas para um clube que não sejam para o outro e vice-versa. É ver e analisar com muito cuidado – afirmou Pupo.

No São Paulo, a reunião para discutir as contas de 2019, inicialmente marcada para o fim de março, foi adiada para a segunda quinzena de abril, quando haveria uma reavaliação.

No entanto, é certo que não haverá encontro presencial agora, pois a quarentena no estado de São Paulo foi prorrogada até o dia 10 de maio pelo governador João Dória.

Na semana passada, o conselheiro Denis Ormrod, da oposição, fez um requerimento endereçado a Marcelo Abranches Pupo Barboza e ao presidente Leco.

Denis pediu que fossem disponibilizados por e-mail documentos do balanço patrimonial e das demonstrações financeiras de 2019, além do parecer do Conselho Fiscal, de Administração e de uma auditoria independente.

Ele também citou o exemplo do próprio Internacional e requisitou que a votação pela aprovação ou não das contas do ano passado fosse por e-mail, videoconferência e de forma online.

O estatuto do São Paulo prevê a possibilidade de identificação eletrônica presencial e votação por meio de urna eletrônica, mas não fala sobre votação online.

Como funcionou a votação virtual no Conselho do Inter

No Inter, funcionou assim: apenas o presidente do Conselho Deliberativo, José Aquino Flores, os demais integrantes da mesa diretora, um representante do Conselho de Gestão e um representante do Conselho Fiscal estiveram no auditório do clube. Os demais logaram numa plataforma de videoconferência.

A primeira chamada para os conselheiros foi marcada para as 18h, e a segunda, para as 18h30 da última quinta-feira. Com os conselheiros presentes logados, a reunião ocorreu normalmente, com a exposição das contas da gestão passada.

Depois disso, cada conselheiro tinha até as 17h da sexta-feira (dia seguinte) para fazer o voto. Ainda pela manhã, a maioria dos movimentos enviou cartas com aprovação das contas. No fim, 256 conselheiros participaram da votação, com 86 inadimplentes. Foram 214 votos com aprovação sem ressalvas, 42 votos com aprovação com ressalvas e duas rejeições.

Um comentário em “São Paulo consulta Inter sobre reunião de Conselho online

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.