São Paulo bate o Atlético-GO com show dos garotos ‘Made in Cotia’

A crise que sondava o São Paulo foi destruída pelos garotos de Cotia. Nesta quarta, o Tricolor voltou a jogar um bom futebol, não tomou conhecimento do Atlético-GO e venceu, por 3 a 0, com grande atuação dos jogadores formados em suas categorias de base. A equipe do Morumbi se reaproxima dos líderes, enquanto o time do Centro-Oeste se mantém próximo da zona da degola.

A noite foi de Brenner e Gabriel Sara, pratas da casa. O atacante Brenner marcou dois gols, enquanto o meio-campista anotou um gol e ainda deu uma assistência. Para completar a apresentação dos garotos da base, o também meia Igor Gomes fechou a conta das estatísticas com um passe para gol.

O primeiro de Brenner
O garoto Brenner, de apenas 20 anos, foi persistente para conseguir fazer seu gol no Morumbi. Ainda no primeiro tempo, Brenner aproveitou um passe de Daniel Alves para marcar o gol, mas a jogada foi anulada por impedimento. Já nos acréscimos da etapa inicial, o jovem atacante são-paulino aproveitou o rebote do goleiro Maurício Kozlinski em chute de Gabriel Sara e, sozinho, apenas empurrou para o fundo da rede adversária.

Golaço de Sara
Na volta do intervalo, São Paulo e Atlético-GO permaneceram fazendo um jogo de igual para igual, mas com o Tricolor ligeiramente melhor. O time da casa chegou a ter um pênalti marcado e anulado após revisão no VAR, mas o segundo gol nasceu de uma jogada individual de Gabriel Sara.

O meio-campista recebeu um passe de Igor Gomes ainda pelo intermediária. O jogador avançou em velocidade pela direita, ajeitou o corpo e acertou um belo chute colocado com a pé esquerda. O garoto da base já havia anotado dois gols contra o Santos, pelo Brasileirão deste ano.

O último ato
A vantagem no marcador deixou o São Paulo confortável em campo. O time passou a tocar mais a bola e cansar o adversário. Em uma jogada de muita agilidade, Tchê Tchê tocou no espaço vazio, Gabriel Sara se movimentou bem e cruzou rasteiro, na medida, para Brenner fazer seu segundo gol na partida e sacramentar o resultado no Morumbi.

Próximos desafios
A vitória colocou o São Paulo de novo no G4 do Brasileiro, com 23 pontos ganhos, em 42 disputados. Na próxima rodada, o Tricolor protagoniza o Choque-Rei com seu rival Palmeiras. O duelo será disputado no Allianz Parque, onde a equipe do Morumbi jamais venceu. O clássico acontece neste sábado, às 19h, no horário de Brasília

Já o Atlético-GO se mantém mais baixa da tabela, com apenas 15 pontos ganhos, e chega ao seu quarto jogo seguido sem vitória no Brasileirão. O clube de Goiânia volta a campo no domingo, às 18h15, para enfrentar o Red Bull Bragantino, seu adversário direto na luta contra o rebaixamento.

E MAIS:
Corinthians e Santos fazem clássico ruim e terminam empatados
FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 3×0 ATLÉTICO-GO

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data-Hora: 7/10/2020 – 20h30
Árbitro: Dyorgines José Padovani de Andrade (ES)
Assistentes: Fabiano da Silva da Ramires (ES) e Vanderson Antonio Zanotti (ES)
VAR: Daniel Nobre Bins (RS)
Público/renda: Portões Fechados
Cartões amarelos: Reinaldo, Gabriel Sara e Daniel Alves (São Paulo); Hyuri (Atlético-GO)
Cartões vermelhos: –

Gols: Brenner (46’/1ºT) (1-0); Gabriel Sara (19’/2ºT) (2-0); Brenner (25’/2ºT) (3-0)

SÃO PAULO (Técnico: Fernando Diniz)
Tiago Volpi; Juanfran (Igor Vinícius, aos 31’/1ºT), Diego Costa, Bruno Alves e Reinaldo; Luan, Daniel Alves, Igor Gomes, Gabriel Sara e Vitor Bueno (Tchê Tchê, aos 24’/2ºT); Brenner (Pablo, aos 35’/2ºT).

ATLÉTICO-GO (Técnico: Vagner Mancini)
Maurício Kozlinski; Dudu, Éder, Gilvan e Nicolas; Oliveira (William Maranhão, aos 23’/2ºT), Marlon Freitas e Chico (Wellington Rato, aos 23’/2ºT); Janderson (Matheuzinho, aos 15’/2ºT), Zé Roberto (Hyuri, aos 15’/2ºT) e Gustavo Ferrareis

Um comentário em “São Paulo bate o Atlético-GO com show dos garotos ‘Made in Cotia’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.