São Paulo ainda não teve expulsões em 2020

A temporada do São Paulo já contou com episódios traumáticos, como as eliminações no Paulistão, na Libertadores e na Sul-Americana, porém o time vive bom momento e está na briga pelo título nas duas competições que restam. Além dos positivos resultados esportivos, o Tricolor tem se mostrado uma equipe disciplinada e ainda não teve um jogador expulso em 2020.

Caso mantenha esse quadro até o final de dezembro, o São Paulo igualará uma marca que já dura 74 anos. Afinal, de acordo com o historiador Alexandre Giesbrecht, a última vez que o clube do Morumbi não teve sequer uma expulsão no ano foi em 1946.

Na época, o futebol ainda não contava com os cartões amarelo e vermelho, que foram introduzidos ao esporte apenas em 1970, ano que ficou marcado pela disputa da Copa do Mundo no México. No entanto, o árbitro já tinha a prerrogativa de expulsar jogadores após atos de indisciplina. Em 1946, o Tricolor conquistou o Campeonato Paulista de maneira invicta.

A última vez que o São Paulo teve um jogador expulso foi na vitória da equipe sobre o CSA por 2 a 1, na 38ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2019. Helinho recebeu o cartão vermelho em jogo no qual Fernando Diniz optou por uma escalação repleta de jovens atletas.

Apesar de não ter expulsões na temporada, os cartões amarelos têm preocupado o São Paulo nessa semana. Afinal, o Tricolor está com dez jogadores pendurados para o clássico contra o Corinthians: Igor Gomes, Gabriel Sara, Igor Vinícius, Luan, Léo, Reinaldo, Juanfran, Arboleda, Vitor Bueno e Tchê Tchê. Na sequência do Majestoso, o time enfrenta o atual vice-líder Atlético-MG, na quarta-feira da semana que vem.

 

Fonte: Gazeta Esportriva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.