Rojas e Perri participam de treino, e Paulinho Boia corre no gramado

Aos poucos, o São Paulo vai diminuindo o número de atletas em seu departamento médico. Nesta segunda-feira, duas novidades apareceram no gramado do CT da Barra Funda: Lucas Perri e Paulinho Boia.

O goleiro se recuperou de uma artroscopia para correção no menisco do joelho direito e participou do treino com os demais companheiros pela primeira vez na manhã desta segunda. Durante sua ausência, os reservas Thiago Couto e Denis Junior foram relacionados para as partidas.

Já Paulinho Boia correu em volta do gramado do CT em uma nova fase da recuperação de uma fissura na perna esquerda sofrida no final de agosto, em um treino. Ainda não há previsão para ele voltar aos treinos com bola.

Sem ele, o São Paulo perdeu opções de jogadores com velocidade pelos lados de campo. Helinho, que podia ser esse substituto, foi negociado por empréstimo com o Red Bull Bragantino.

Outro jogador que pode fazer essa função e está prestes a retornar é Joao Rojas. O atacante tem participado dos últimos treinos com os companheiros, mas devido ao período de dois anos de inatividade há cautela em seu retorno.

– Com o Rojas eu sempre conto. Ele teve um período muito difícil, conversei com ele recentemente e se somar tudo são dois anos de afastamento. Então ele precisa de um tempo para sentir conforto, e se ele tiver condições é um típico jogador dessa característica (driblador) – afirmou Diniz.

Rojas teve duas graves lesões no joelho direito e não entra em campo desde o final de outubro de 2018. De lá para cá, ele passou por duas cirurgias e inúmeras sessões de fisioterapia. Ele treina com bola desde o início de outubro deste ano.

Apesar disso, ainda não há uma data definitiva para que o jogador dispute uma partida oficial. Devido ao longo período sem esforços de um atleta profissional, ele terá que fortalecer bem a perna direita até estar 100%.

Clinicamente, Rojas está recuperado. Mas o clube vê necessidade de o jogador ganhar ritmo, força e confiança antes de retornar. Ele está em fase de transição.

O departamento médico do São Paulo ainda tem Walce e Liziero em fase de recuperação.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.