Reinaldo confirma que parte doe elenco rejeitou redução salarial

Um dos líderes do elenco do São Paulo, Reinaldo admitiu, em entrevista exclusiva ao GloboEsporte.com, que a maioria dos jogadores não aceitou a proposta de redução de 50% de seus salários apresentada pela diretoria do clube em meio à pandemia do novo coronavírus.

No entanto, o lateral-esquerdo afirmou acreditar que o São Paulo irá arcar com os compromissos e que, após o retorno do futebol no país, os valores serão reembolsados, conforme prometido na proposta.

– O São Paulo nunca deixou de arcar com suas despesas com atleta ou qualquer outro funcionário. Tenho certeza de que quando a gente voltar vai estar tudo explicado e resolvido da melhor forma. Tenho contrato com o São Paulo desde 2013, e o São Paulo nunca deixou de me pagar 1 real – completou.

Na proposta ao elenco, o clube ofereceu pagar 50% do salário na carteira (CLT) a partir do mês de março, que foi pago no último dia 5, e manter um mínimo de R$ 50 mil por mês na carteira aos atletas. O Tricolor também propôs pagar dois meses de direito de imagem do ano (janeiro e fevereiro) até o último dia 5 e quitar o terceiro mês pendente (março) “assim que possível”. As outras parcelas mensais do direito de imagem, pagas a partir do dia 1º de abril, ficam suspensas “até a volta de tudo”.

Apesar de parte do elenco ter demonstrado resistência quanto à proposta da diretoria são-paulina, Reinaldo afirma que não ficou nenhum mal-estar entre jogadores e dirigentes.

– Creio que não, até porque não tem como ter um mal-estar com todo mundo longe e todo mundo dentro de casa. Mas quando voltar, se for ter alguma discussão, vai ser mesmo entre a gente, comissão técnica e direção. Creio que isso vai ser o de menos.

Treinos em casa e rotina
Embora estejam de férias inicialmente até o dia 21 de abril, com provável prorrogação por mais 10 dias, os jogadores do São Paulo não pararam os treinos em casa durante o período de isolamento social em decorrência do coronavírus.

Com Reinaldo, não está sendo diferente, e o lateral-esquerdo falou de sua preparação em casa. O jogador está em Jundiaí, interior de São Paulo, e recebe o auxílio de um amigo personal trainer para manter a forma física.

– É muito importante estar sempre treinando, buscando e mantendo a forma, porque quando retomar o futebol vai ser pouco tempo de pré-temporada. Nós, jogadores, temos que estar preparados e bem encaminhados. Estou fazendo minha parte. O preparador físico e o fisiologista passam uma programação, e a gente está fazendo – disse.

Em suas redes sociais, Reinaldo divulgou uma sessão de treinos em casa no início de abril.

 

Fonte: Globo Esporte

3 comentários em “Reinaldo confirma que parte doe elenco rejeitou redução salarial

  1. Tem os dois lados da história, na teoria, o jogador tem o direito ao seu salário.é contratado, a empresa teen as suas c responsabilidades financeiras com is seus funcionários.
    Na prática, a empresa que paga o jogador não teve faturamentos, é uma questão de empatia e comprometimento.
    É um caso especial. O jogador se manteve improdutivo e ele não pode reclamar e nem dizer TB que poderia estar ganhando em outro time pq TDs os times estão parados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.