Presidente do São Paulo aprova a paralisação do Campeonato Paulista

A crise de saúde mundial referente ao coronavírus irá paralisar o Campeonato Paulista depois do jogo desta segunda-feira entre Guarani e Ponte Preta. O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, considerou acertada a decisão após reunião entre clubes e Federação Paulista de Futebol (FPF).

“É uma medida sensata, de responsabilidade, o futebol precisa dar esse exemplo. Não podemos colocar em risco a saúde, a nossa, dos nossos atletas e funcionários. Se a recomeção maior é a paralisação dessas atividades, vamos adotar totalmente”, comentou o dirigente.

A suspensão do Campeonato Paulista será por tempo indeterminado. Os presidentes dos clubes vão manter contato semanal com a FPF para avaliar a evolução do combate ao coronavírus.

“Vamos ir decidindo a cada momento e fazendo avaliações”, explicou Leco, que falou sobre o temor dos atletas para manter as atividades. “Um ou outro movimento (dos jogadores) há, é claro. Houve uma manifestação dos atletas, então decidimos parar”, emendou.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.