Notas dos jogadores

Thiago Volpi: grande partida. 8

Juanfran: grande partida. 8

Arboleda: perfeito em cima e em baixo. 10

Bruno Alves: perfeito em cima e em baixo. 10

Reinaldo: grande partida tática. 8

Luan: um leão á frente da zaga. 9

Daniel Alves: apesar de alguns erros de passe, foi o maestro do time. 8,5

Igor Gomes: sua melhor partida no ano. 10

Gabriel Sara: outro que fez uma partida exuberante. 10

Tchê Tche: gigante, o melhor em campo. 10

Brenner: ficou abaixo do esperado. 6

Vitor Bueno: assistência perfeita para o gol de Sara. 8

Pablo: jogou pouco tempo. Sem nota

Hernanes: jogou pouco tempo. Sem nota

Toró: jogou pouco tempo, mas marcou um golaço. 8

Fernando Diniz: deu nó tático em Sampaoli e fez o time jogar uma das melhores partidas técnica e taticamente, deste ano.  10

 

Paulo Pontes

8 comentários em “Notas dos jogadores

  1. Juanfran o melhor em campo, 10000. Tinha o duelo mais perigoso e ganhou todas…

    Luan esteve mal, estou passes e em diversas vezes esteve correndo atrás dos meias adversários.

  2. Como limos no comentário abaixo, do Humberto, também estranhei a atitude do Brenner após ter sido sacado da partida. Não entendi se era revolta pelo treinador tê-lo substituído ou se por seu fraco desempenho goleador de ontem. De qualquer forma ele precisaria esclarecer o que foi aquilo tudo, exatamente para não passar a impressão antipática de que a fama (muito recente) já fez estragos em sua cabeça. Isto poderá custar muito alto pra sua carreira. . .

  3. O Arboleda não foi perfeito, errou uma saída perigosa, mas merece o dez, pois aquele desarme no contra-ataque deles valeu um gol.

    O Brenner pareceu fazer birra no banco. Se foi pela substituição, espero que seja multado. Ele anda muito deslumbrado consigo mesmo. Os veteranos precisam falar com ele.

    Não acho que teve “nó tático”, o time jogou no mesmo estilo que vinha jogando. O Diniz merece ser parabenizado por ter conseguido implantar esse sistema. Ele também merece parabéns pelo time jogar limpo. Não ter sofrer expulsões é uma vantagem competitiva. E, além de o time jogar limpo, as substituições em precaução contra o segundo cartão tem sido feitas, como no exemplo de hoje com o Tchê Tchê.

    O Toró finaliza bem, poderia receber mais chances.

  4. Notas, principal mudança: nota do brenner, guerreiro, nao fez gol mas jogou bem!

    Thiago Volpi: grande partida, seguro e ajudou a orientar a defesa. 10
    Juanfran: grande partida, fundamental na defesa. 9
    Arboleda: perfeito em cima e em baixo. Provando que o diniz estava errado em deixa-lo no banco. 10
    Bruno Alves: perfeito em cima e em baixo. 10
    Reinaldo: grande partida tática. 8
    Luan: um leão á frente da zaga, só nao é 10 por um erro que fez. 9
    Daniel Alves: apesar de alguns erros de passe, foi o maestro do time. 8,5
    Igor Gomes: sua melhor partida no ano. 10
    Gabriel Sara: outro que fez uma partida exuberante. 10
    Tchê Tche: gigante, o melhor em campo. Não é que hoje surpreendeu? 10
    Brenner: nao fez gol, mas jogu na defesa, no ataque e em todos os lugares. 8
    Vitor Bueno: assistência perfeita para o gol de Sara. 8
    Pablo: jogou pouco tempo, mas provou que nao merece jogar. 0
    Hernanes: jogou pouco tempo. Sem nota
    Toró: jogou pouco tempo, mas marcou um golaço. 8

    Fernando Diniz: deu nó tático em Sampaoli e fez o time jogar uma das melhores partidas técnica e taticamente, deste ano. 10

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.