Liderando pelo exemplo, Daniel Alves se consolida como unanimidade

Maior vencedor da história do futebol, com 40 títulos, Daniel Alves já chegou a receber fortes críticas de parte da torcida desde que chegou ao São Paulo, porém, internamente, sua reputação não poderia ser melhor. Admirado por todos do clube, o camisa 10 se consolidou como unanimidade e vem sendo impecável nos jogos decisivos da equipe nesta altura da temporada.

“É até difícil falar do Daniel, porque é o maior campeão da história do futebol. Ele não precisa de confiança, de nada. Ele demonstra isso nos treinos e nos jogos, é um cara diferenciado na postura, na conduta, é o cara que mais treina no time mesmo sendo o mais velho, é o cara que faz a diferença, é a nossa maior referência”, comentou Pablo em entrevista exclusiva ao Gazeta Esportiva.

“O Daniel é um cara que constrói com os zagueiros lá atrás, finaliza as jogadas, faz gols mesmo jogando de volante, dando muitas assistências. É um prazer enorme jogar ao lado dele, porque ele joga com amor. Ele tem o objetivo de ser campeão com a camisa do São Paulo, estar na Seleção, e temos que ajudá-lo a conquistar esse objetivo”, completou.

Com sete gols pelo São Paulo neste ano, Daniel Alves só fica atrás dos atacantes tricolores Brenner, Luciano e Pablo na artilharia da equipe. Além disso, nos últimos quatro jogos deu quatro assistências. Titular absoluto no meio-campo, o camisa 10 não poderia receber avaliação melhor do elenco e também do técnico Fernando Diniz.

“Falar do Daniel, para mim, é um prazer muito grande, é um presente poder trabalhar com ele. Falo isso hoje e falo isso quando o São Paulo perde. Muita gente da imprensa cobrou que o Daniel Alves não podia dobrar jogo, já tem uma certa idade, mas agora está provado que isso está errado. O Daniel não se enquadra na lógica de que ele já tem uma idade avançada e por isso precisa ser poupado. Ele começa a treinar antes de todo mundo e termina depois. É um cara que agrega muito ao São Paulo, acho que o clube nem sabia o tamanho do cara que tinha contratado”, disse Diniz.

“Ele joga com prazer, intensidade, e vive da mesma forma. É um jogador solidário, coletivo. Ele está jogando aquilo que sabe, o time está correspondendo cada vez mais também. Ele traz muita personalidade para o time, preocupa o jogador adversário. É um jogador muito grande”, concluiu o treinador são-paulino.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Liderando pelo exemplo, Daniel Alves se consolida como unanimidade

  1. Ótima contratação. O Daniel Alves não é o Messi como mtos parecem esperar….mas é um gde jogador dentro das suas características. Mas é um vencedor, jogador de copa do mundo e de seleção, e que ainda assim treina e se dedica muito. Imagina se os outros, que ainda não ganharam nada, não vão se esforçar tbm.

    O spfc tem que continuar nessa linha, contratar jogadores de nível e usar muito a base.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.