Justiça revoga liminar, e São Paulo poderá fazer eleição de vitalícios

O Tribunal de Justiça de São Paulo revogou a liminar que anulou reunião do Conselho Consultivo do São Paulo que escolheu candidatos a conselheiros vitalícios e que impedia a reunião do Conselho Deliberativo desta quarta-feira (dia 2) para eleger dez novos conselheiros vitalícios do clube.

O São Paulo recorreu da liminar e afirmou que os conselheiros que propuseram a ação haviam omitido fatos da Justiça, como o regimento do Conselho Consultivo. No pedido original, afirmaram que a escolha dos candidatos não permitiu que fossem discutidas as qualidades de cada um.

O clube, porém, demonstrou que as votações do Conselho Consultivo são fechadas e secretas, o que não permite discussões como a proposta.

O desembargador Walter Piva Rodrigues revogou a liminar concedida nesta semana, validou a reunião do Conselho Consultivo que escolheu os candidatos a conselheiros vitalícios e permitiu que o tema seja abordado em reunião do Conselho Deliberativo prevista para a noite desta quarta-feira.

A decisão anterior havia sido expedida na segunda-feira (31), após ação dos pré-candidatos Benedito de Souza e Soraia Augusta Guadelupe. Os dois estavam entre os 39 nomes que disputavam a eleição do Conselho Consultivo e ficaram fora da lista final.

De acordo com o estatuto do São Paulo, é responsabilidade do Conselho Consultivo, órgão formado por ex-presidentes da diretoria e do Conselho Deliberativo, indicar dois terços dos candidatos para depois o Conselho Deliberativo votar. É uma espécie de filtro.

Passaram 26 dos 39 nomes, sendo 24 apoiadores da coalizão de Júlio Casares e dois da oposição, cujo representante é Roberto Natel.

Os 39 pré-candidatos a vagas de conselheiro vitalício (em negrito os que foram eleitos pelo Conselho Consultivo, em votação anulada pela Justiça):

  • 1 ADEMIR JOSÉ SCARPIN
  • 2 ADILSON ALVES MARTINS
  • 3 ALBERTO CALISTO MALTA
  • 4 ALBERTO DE JESUS BELLIZIA
  • 5 ANTONIO CARLOS IOSHIMOTO
  • 6 ARMANDO LUIZ DE SÁ
  • 7 AUGUSTO SILVA VIOLA ALVES
  • 8 BENEDITO DE SOUZA
  • 9 CARLOS BELMONTE SOBRINHO
  • 10 CARLOS MINORU TAKAGI
  • 11 DANILO DECOUSSAU
  • 12 GERSON DE FAZIO CRISTOVÃO
  • 13 HELIO SAVERIO CIRONE
  • 14 ITAGIBA ALFREDO FRANCEZ JUNIOR
  • 15 JOÃO FARIAS JUNIOR
  • 16 JOSÉ INNOCENCIO SANTOS OLIVEIRA
  • 17 KAZUHIRO YANO
  • 18 KENKICHI RICARDO ATOJI
  • 19 LEONARDO CUSCHNIR
  • 20 LEÔNIDAS FIGUEIREDO
  • 21 LUIZ CARLOS CANASSA
  • 22 LUIZ CHOLFE
  • 23 MAURÍCIO CERQUEIRA SANZI
  • 24 NELSON MARQUES FERREIRA
  • 25 NEWTON FLAVIO BITTENCOURT
  • 26 NEWTON LUIZ FERREIRA
  • 27 PEDRO LACERDA DE ALMEIDA
  • 28 RENATO DE ALBURQUEQUE RICARDO
  • 29 ROBERTO ANTONIO KIRSCHNER
  • 30 ROBERTO MARCIO DA COSTA FLORIM
  • 31 SAMUEL SERGIO DE PIETRO FILHO
  • 32 SANDRO GIOVANI DE FAZIO
  • 33 SERGIO LUIZ BONILHA
  • 34 SERGIO LUIZ GALINDO
  • 35 SILVIO ANTONIO CASSIANO
  • 36 SORAIA AUGUSTA GUADELUPE
  • 37 TERCIO BISPO MOLICA
  • 38 THEOTONIO TIBURCIO DA SILVA
  • 39 WALDEMAR TADEU DO NASCIMENTO SOUZA

Fonte: Globo Esporte

4 comentários em “Justiça revoga liminar, e São Paulo poderá fazer eleição de vitalícios

  1. Se todos estivessem brigando pra ajudar o clube, eu ficaria feliz com o empenho, mas claro que não, são um bando de chupins querendo algo do clube que não eh prestar serviço para o melhor dele.
    O CANALHA cachaceiro fez escola, detonou a política do clube e contaminou muitos que só pensam em “se dar bem”.
    Aliás, como o corintiano Juvenal, muitos ali nem torcem pro SPFC, são rivais infiltrados, como Lecú, Pássaro porquinho e outros!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.