Jogadores do São Paulo se reúnem para jogar futevôlei em meio à paralisação

Com a suspensão por tempo indeterminado dos treinos, o elenco do São Paulo busca readequar sua rotina em meio à pandemia do novo coronavírus. Na última segunda-feira, na tentativa de se reencontrar com a bola, sete jogadores do grupo foram a um centro treinamento jogar futevôlei.

Reinaldo, Igor Vinícius, Everton, Igor Gomes, Anderson Martins, Vitor Bueno e Bruno Alves estiveram no Riplay Sports, centro de treinamento localizado no Cursino, zona sul da capital paulista.

Em contato com a Gazeta Esportiva, o professor de educação física Leandro Marques, que orientou os jogadores na ocasião, disse que a atividade foi voltada apenas para a descontração, e não exatamente para condicionamento físico dos atletas.

Segundo o professor, o atacante Everton joga muito bem e é o destaque do grupo, já o restante está no mesmo nível. Leandro também confirmou que foi a primeira vez que os atletas são-paulinos visitaram o espaço, normalmente frequentado por boleiros.

Com a suspensão dos treinos, os jogadores terão que cuidar da parte física por conta própria, a não ser que tenham orientação e aprovação do departamento médico para realizar trabalho dentro do CT da Barra Funda. As duas competições disputadas pelo clube no momento, Campeonato Paulista e Libertadores, estão paralisadas até segunda ordem.

Fonte: Gazeta Esportiva

3 comentários em “Jogadores do São Paulo se reúnem para jogar futevôlei em meio à paralisação

  1. Tá tudo errado. O politicamente correto no São Paulo é só fachada! Põe esses caras de quarentena em Cotia pow! Por isso que quando voltar a Libertadores vão tá tudo dando desculpa esfarrapada dizendo que é falta de ritmo por conta da parada. Outra!… dar lamento salarial pro Igor Gomes por conta do bom início de ano? Só se estiver no contrato, quero ver se alguém vai ter peito de diminuir se o rendimento dele cair como o senhor Liziero. Só quero ver. Só no futebol mesmo acontece essas bizarrices.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.