Grupo de 16 clubes da Série A mostra apoio à ‘MP das transmissões’

A Medida Provisória 984, editada pelo presidente Jair Bolsonaro, ganhou forte adesão no meio futebolístico. De acordo com o “Blog do Rodrigo Mattos”, do UOL, um grupo de 16 clubes da elite do futebol brasileiro divulgará um manifesto a favor das mudanças pretendidas pela “MP das transmissões”, que deixa o direito de transmitir os confrontos nas mãos dos clubes mandantes. Com isto, chegará a 40 times de todas as séries do Brasileirão.

A mudança no cenário ocorreu graças à articulação de Bolsonaro com a diretoria do Flamengo. A Lei Pelé estabelece que o direito de transmissão é dividido entre os clubes mandante e visitante.

A lista de clubes da Série A que assinaram o manifesto conta com Bahia, Palmeiras, Ceará, Fortaleza, Sport, RB Bragantino, Athletico-PR, Coritiba, Atlético-MG, Flamengo, Corinthians, Goiás, Vasco, Atlético-GO, Santos e Internacional. Antes, o Rubro-Negro e os oito times que têm vínculo com a Turner que visitaram o presidente da República e o Congresso já tinham declarado apoio à MP 984.

Fluminense, Botafogo, Grêmio e São Paulo não quiseram ser signatários deste apoio à MP das transmissões.

Segundo o blogueiro apurou, clubes afirmam que os torcedores serão os mais beneficiados, uma vez que não haverá mais riscos de “apagões” de jogos e haverá um aumento de receitas por transmissão.

Cada clube divulgará em suas redes sociais o manifesto. Também há um desejo de fazer lobby entre os deputados para que a MP 984 seja aprovada. O “Blog do Rodrigo Mattos” divulgou o manifesto.

“Por que os Clubes apoiam a MP 984 e a criação da Lei de Democratização das Transmissões de Futebol

1. Porque o torcedor é diretamente beneficiado. A MP acaba com os “apagões”, isto é, os jogos sem nenhuma transmissão, que ocorriam quando um canal tem o direito de um time e outro canal tinha o direito do outro. A situação anterior impedia, por exemplo, que mais da metade dos jogos do Campeonato Brasileiro fossem exibidos na TV fechada. Com mais partidas sendo exibidas, teremos um futebol mais democrático, mais acessível e mais barato.

2. Porque ela empodera os clubes a negociar seus direitos e incentiva a união entre as equipes. Esse formato prevalece nos principais mercados de futebol do mundo. O Brasil está pronto para esse passo libertador, que certamente será o ponto de partida para outros aprimoramentos. Com a MP, quanto mais os clubes estiverem unidos, mais vão ganhar.

3. Porque a concorrência vai aumentar. O modelo que vigorava no Brasil gerou concentração do futebol nas mãos de poucos investidores. Consequentemente, não alcançou todo o seu potencial e ainda gerou distorções no seu modelo de distribuição. A MP viabiliza a entrada de novos investidores no mercado, sem afastar os atuais, aumentando a disputa. E isso é bom para os clubes e melhor ainda para o torcedor.

4. Porque devemos seguir o exemplo de quem fez e deu certo. A legislação anterior tinha mais de 50 anos e não refletia uma forma moderna de negociação dos direitos esportivos. A ampliação de investimentos gera aumento de receitas para os clubes, viabilizando a manutenção dos nossos craques por mais tempo no país, além do investimento em estrelas internacionais.

EM RESUMO

Os torcedores ganham com o fim dos apagões de jogos, com mais craques em campo e com um melhor espetáculo no Brasil. Os clubes ganham com mais liberdade e receitas. E o país ganha com os clubes mais sólidos financeiramente, maior geração de empregos e crescimento de impostos pagos aos governos.

Por todas estas razões, APOIAMOS a MP 984/2020 e pedimos a sua CONVERSÃO imediata em Lei!”

 

Fonte: Lance

8 comentários em “Grupo de 16 clubes da Série A mostra apoio à ‘MP das transmissões’

  1. Quem crítica o SPFC não sabe a história que o clube tem de sempre se manifestar em gdes debates, e mtas vezes sozinho….precisa calma pra ver o que fez o sp, e tbm o Grêmio, Botafogo e o Fluminense não assinarem…no mínimo o clube precisa participar dos debates e explicar sobre pq não assinou e trabalhar para aperfeiçoar o projeto de lei, é uma oportunidade de tentar uma maior profissionalização do futebol… por fim, ridículo ter gente aqui que tudo quer colocar política no meio.

  2. Não sou de nenhum partido mas a diretoria leco/Raí é de um senso comum, pensamento como Casagrande, Sócrates, etc…só prejudicamos o spfc , vão imbora do spfc

  3. Vão ficar mendigando para a Globo sempre, não cansaram de encher o rabo da globo não.
    Acho que esta na hora dos sócios, sócios torcedores e torcedores em geral, começar a presionar estadiretoria para aderirem a MP 984 sim, eles são dirigentes do São Paulo FC e não donos do clube.
    Qual candidato a presidente que vai levantar éssa bandeira #QUEREMOS APOIO A MP 984?
    Sócios que podem participar das eleições só votem em quem se propor a apoiar a MP 9984 e por escrito.
    A VCS BABACAS DA DIRETORIA O FLAMENGO ENCHEU OS COFRE NO FINAL DO CAMPEONATO CARIOCA, O QUE O FLAMENGO LEVANTOU EM UM UNICO JOGOA GLOBO NÃO PAGA PARA VCS EM UM PAULISTA INTEIRO.

  4. Claro que os Canalhas que hj estão na direção do clube não iriam aceitar essa mudança boa para todos. Temos que nos livrar dessa cambada começando pelo esquerdista do Sr. Raí que não tá nem Aí. O São Paulo parou no tempo e ficou a mercê desses corruptos

  5. Mas é claro que o SPFC estaria de fora, porque é um time de corno, um clube que se acostumou a perder e ser chacota.

    E tem mais, isso prova que quem anda dando as cartas é o Administrador de ONG!!!

    O SPFC vai ficar cada vez mais para trás!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.