Fernando Diniz vê São Paulo mais intenso no segundo tempo

O técnico Fernando Diniz, do São Paulo, analisou a vitória por 2 a 1 sobre o Santos de virada, neste sábado, no Morumbi. Na opinião do comandante, o time foi mais intenso no segundo tempo. Ele também comentou a substituição no intervalo de Bruno Alves por Pablo, autor dos dois gols.

– Contra o Santo Andre (a substituição) também deu certo. Só não ganhou o jogo (derrota por 2 a 1), mas teve volume grande e finalizações. A gente treina e isso aumenta a chance de dar certo. Não sei se foi o grande motivo para virar o jogo. Mais do que precisando o Pablo estava merecendo (os gols). O time mudou de postura. Foi mais intenso. Claro que a expulsão facilitou, mas a intensidade foi determinante e parecida com a de quarta-feira – disse Fernando Diniz.

O clássico contra o Santos foi disputado com portões fechados no Morumbi, por causa da pandemia do novo coronavírus. Fernando Diniz sentiu falta da torcida do São Paulo.

– Super estranho. No futebol que praticamos de alto rendimento o torcedor é um dos grande protagonistas junto com os jogadores. Sem torcedor sempre faz falta. Ainda mais a do São Paulo do jeito que está, se encaixando com o time e criando uma conexão, uma sinergia grande. Na quarta (na vitória por 3 a 0 sobre a LDU) foram um jogador a mais desde o inicio. O jogador se sente contagiado. Fica mais fácil. Nesse momento é especialmente ruim essa parada, porque a conexão com a torcida está positiva – afirmou o treinador.

Fernando Diniz também disse que o São Paulo poderia ter jogado mais pelos lados para aproveitar os espaços no clássico. O Tricolor ficou com um jogador a mais no fim do primeiro tempo, quando Jobson, do Santos, foi expulso após fazer falta duríssima em Daniel Alves.

Com a vitória, o São Paulo chegou aos 18 pontos. O time lidera o Grupo C do Paulistão. O duelo com o River Plate, que seria realizado na próxima terça-feira, está suspenso pela Conmebol assim como toda a próxima rodada da Copa Libertadores.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.