Em sua despedida, Leco diz que entrega São Paulo “superado de traumas”

Antes de Julio Casares tomar posse oficialmente como presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, fez um discurso de despedida, apontando os feitos e desafios de sua gestão.

Leco ocupou o cargo de mandatário do Tricolor por cinco anos e oito meses, trajetória que teve início com a renúncia de Carlos Miguel Aidar. De acordo com o agora ex-presidente, a gestão anterior havia deixado traumas no clube.

“O São Paulo teve o infortúnio de ver o presidente renunciar, vários traumas se verificaram, situação de muita dificuldade, onde o exercício da presidência exigiu superação, retomada de credibilidade, recuperação de perdas de conceito e autoestima dos são-paulinos”, afirmou.

Outra dificuldade da gestão de Leco foi o desempenho da equipe dentro de campo. Um dos períodos de mais dificuldade ocorreu em 2017, quando o São Paulo correu riscos de rebaixamento.

“Houve dificuldades no futebol e vocês não imaginam como é conviver no Z4 , nosso lugar é no G4, onde estamos agora. Mas as dificuldades imensas estruturais vividas pelo trauma da renúncia, causaram para o futebol uma profunda dificuldade. Vivemos ano de 2017 com um período dentro do Z4, na zona de descenso (…) Senhores sabem como isso dói e aflige a nós são-paulinos. Felizmente nós superamos. Hoje o São Paulo tem no seu CT da Barra Funda, no CFA de Cotia, no estádio e no Parque Social uma estrutura muito bem cuidada e que orgulha a todos nós são-paulinos”, disse.

Além dos desafios, o ex-presidente também aproveitou para ressaltar seus feitos no clube, destacando a profissionalização.

“Profissionalização e modernidade se desenvolveu e está consagrada agora de acordo com o interesse do novo presidente. Transparência e honestidade foram as marcas da gestão (…) Vou entregar o São Paulo arrumado e superado de traumas”, concluiu.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

5 comentários em “Em sua despedida, Leco diz que entrega São Paulo “superado de traumas”

  1. Vagabundo lixo desqualificado arrogante
    Prepotente acabou com o clube e deixou
    Asseclas desqualificados e fracassados que seu sucessor já começou a nomear
    Pobre São Paulo

  2. Cara de pau, sem vergonha falar isso, entregou um grande time como são Paulo com dividas enormes, um único título meia boca em 2012, só passando vergonha atrás de vergonha, um time grande que se apequenou diante dessa administração desastrosa, que nunca mais volte ao São Paulo, vai ser difícil recuperar financeiramente se não vender as melhores revelações, e com isso não poderemos nem montar um time descente para quem sabe disputar a libertadores de 2021.

  3. Esse idiota afundou as finanças do SPFC e só para constar o CT da Barra funda está uma década defasado em comparação aos rivais da capital.

    Idiota e mentiroso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.