Diniz ganha boa dor de cabeça para escalar o meio-campo do São Paulo

Se há uma semana o São Paulo vinha muito pressionado por uma sequência de resultados ruins, em poucos dias o time conseguiu duas boas vitórias e voltou a ganhar confiança com atuações destacáveis. Enquanto Fernando Diniz parece ter encontrado a linha defensiva ideal para a equipe, o treinador ganhou uma “dor de cabeça” positiva para escalar o meio-campo.

Isso porque Diniz conta com ao menos seis opções para distribuir em quatro posições. Uma delas, inclusive, pouco vinha sendo utilizada até o jogo contra o Atlético-GO. Afinal, Luan tinha apenas atuado como titular em duas partidas neste ano, sendo que em ambas o treinador optou por um time alternativo.

Com o volante revelado por Cotia, o São Paulo ganhou poder de marcação no meio-campo, já que Tchê Tchê, que não é um jogador de grande imposição física, vinha sendo sobrecarregado. No entanto, se o camisa 8 tinha sido reserva contra o Atlético-GO, voltou à equipe no clássico contra o Palmeiras, jogando com mais liberdade e ocupando uma faixa mais avançada no setor central.

Quem não pôde atuar no Allianz Parque foi Gabriel Sara. O meia havia sido um dos principais destaques do Tricolor na vitória sobre o Atlético-GO, porém cumpriu suspensão por conta do terceiro cartão amarelo no Choque-Rei. A tendência é que o garoto retorne ao time na partida contra o Fortaleza, na quarta-feira, às 19h15, no Castelão, pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

Apesar de não ter conseguido atuar com primazia técnica desde que retornou de lesão, Daniel Alves é nome certo na equipe, podendo fazer diversas funções no meio-campo. Igor Gomes também está no leque de opções de Diniz para compor o São Paulo. Mesmo não sendo brilhante nos últimos jogos, o jovem revelado por Cotia tem realizado uma importante função tática pela esquerda.

A sexta opção do Tricolor para o meio-campo é Vitor Bueno, que a princípio corre por fora. Isso porque o camisa 12 não foi titular do São Paulo mesmo com a suspensão de Gabriel Sara. No entanto, é um jogador que tem prestígio junto a Diniz e foi o autor do gol que garantiu a vitória sobre o Palmeiras.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

5 comentários em “Diniz ganha boa dor de cabeça para escalar o meio-campo do São Paulo

  1. Vitor Bueno não eh opção, eh um reserva fraco, o gol que ele fez qualquer um faria, recebeu com açúcar do Igor Vinícius.
    Quem deveria sair eh o Igor Gomes pra entrar o Sara, o resto deveria manter o time que ganhou do porco.

  2. Bo anoite torcida Tricolor!

    O titular Gabriel Sara voltará ao meio campo.
    A dúvida será a quem vai sair, se Igor Gomes ou Tchê Tchê.
    Na minha opinião I. Gomes ainda não conseguiu retomar seu bom futebol, com Tchê Tchê no meio junto dos titulares Luan e Dani Alves o time ganha mais pegada na marcação, oferecendo melhor cobertura para os laterais I Vincius e Reinaldo poderem apoiar o ataque.

  3. Vitor Bueno não pode nem ficar no banco, pois corre o risco de ter de entrar. O gol que ele fez até minha vó, em forma, faria; não é por isso que deveria fazer parte da “dor de cabeça boa” do Diniz. Fora Vitor Bueno!!!

  4. Falou tudo, mas não percebeu que não temos reserva a altura para proteger a zaga, o unico é o luan. Se fosse eu, ja traria um da base com as mesmas caracteristicas. Mas neste Sao Paulo de hoje nada se planeja, nada se previne.

    • Se on Luan não poder jogar por algum motivo, tenho certeza que essa mula vai voltar seu esquema de portas abertas no meio de campo que ele tanto adora. Soh escalou esse time porque foi imposição da diretoria, senão continuaria com aquela PALHAÇADA até levar um pé na bunda, pois eh teimoso feito uma mula.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.