Diniz comemora liderança do São Paulo, mas mantém pés no chão

O São Paulo, hoje líder do Campeonato Brasileiro, aprendeu com os erros cometidos na temporada, na opinião do técnico Fernando Diniz, que mais de uma vez balançou no cargo após eliminações que geraram turbulência no clube, como contra o Mirassol, no Paulista, e em derrota para o River Plate, na Libertadores.

Nesta quinta-feira, o São Paulo venceu o Goiás por 3 a 0 em Goiânia, em jogo atrasado da primeira rodada, e tomou a liderança do Atlético-MG. Ainda com um jogo a menos do que o Galo, o time de Diniz chegou as 44 pontos, contra 42 do vice-líder.

– As dores do passado fizeram o time aprender, e fomos melhorando nossas relações internas. Temos que seguir assim, temos feito boas partidas, mas temos coisas a melhorar – afirmou Diniz, em entrevista coletiva após o duelo contra o Goiás.

– Oscilação é coisa normal no futebol, como na vida. Acredito que como a equipe passou pelos momentos difíceis fez com que a gente chegasse ao patamar que estamos vivendo agora.

O treinador colocou freio nas expectativas após a chegada do time à ponta do Brasileiro. Diniz insistiu que o São Paulo precisará continuar melhorando para buscar o título.

– A pressão tem que fazer você olhar para dentro. Temos que controlar a capacidade de melhorar. Agora o São Paulo tem que procurar melhorar, o campeonato está longe de acabar. Certamente tem coisas para melhorar os aspectos que apresentamos aqui hoje.

O técnico exaltou a atuação da defesa no jogo desta quinta, em que não sofreu gols. E elogiou a dupla Arboleda e Bruno Alves, que voltou ao time titular após ter sido desfeita no início do campeonato, numa das crises da equipe no ano.

– O Arboleda é um jogador e uma pessoa que sempre tive uma relação muito boa. Assim como o Bruno, eles saíram do time e voltaram melhores. Temos quatro jogadores para duas vagas. Não podemos dizer que temos titular. Acho que o trabalho coletivo e o entendimento dos jogadores é essencial.

O São Paulo terá agora uma sequência de jogos na capital paulista. Primeiro, contra o Sport, domingo, no Morumbi. Na próxima quarta-feira, recebe o Botafogo também em sua casa. Depois, no fim de semana seguinte, encara o Corinthians na Neo Química Arena. Por fim, mais um jogo no Morumbi: contra o atual vice-líder, o Atlético-MG, no dia 16 de dezembro.

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “Diniz comemora liderança do São Paulo, mas mantém pés no chão

  1. Viúva do Diniz se apresentando. Como é bom ver esse time de novo na liderança. Ver Rogério Ceni apanhando 3x frente ao Flamengo num tem preço. Sorte pra ele, mas antes meu Tricolor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.